Rússia continua a enviar gás para a Europa através da Ucrânia… mas quantidade é menor

A Gazprom, maior produtora de gás da Rússia e propriedade do Governo russo, informou que contanua a enviar gás para a Europa através da Ucrânia, embora em quantidade mais reduzida.

De acordo com a empresa, na quarta-feira foi registado o transporte de 72 milhões de metros cúbicos (mcm), abaixo dos 95,8 mcm registados na terça-feira, revela a ’Reuters’.

Com esta redução não há certezas sobre se o fluxo de gás transportado é o suficiente para responder aos pedidos dos clientes europeus, e a empresa ainda não se pronunciou sobre esse assunto.

Na semana passada a Ucrânia tinha anunciado que iria suspender o fluxo de gás através de Sokhranivka, de onde é fornecido um terço do combustível transportado da Rússia para a Europa através da Ucrânia, culpando Moscovo pela mudança e dizendo moveria estes fluxos para outro lugar.

A GTSOU, empresa que opera o sistema de gás da Ucrânia, declarou “força maior”, uma cláusula invocada quando uma empresa é atingida por algo além de seu controlo.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.