pub

Ronaldo não deixa ministro italiano sem resposta: «Andam a dizer que violei as leis mas é tudo mentira»

O «melhor do mundo», Cristiano Ronaldo, usou esta sexta-feira a sua página de Instagram para esclarecer que não infringiu o protocolo nem qualquer regra imposta em Itália no que respeita ao cumprimento do isolamento, na sequência de ter testado positivo para a Covid-19.

Num direto através da rede social, o craque português respondeu ao ministro do desporto italiano, Vincenzo Spadafora, que o acusou de ter quebrado as leis, desmentindo a situação. «Não infringi nenhum protocolo. Andam a dizer que violei as leis italianas, mas é tudo mentira», afirmou Ronaldo.

«Eu e a minha equipa falámos e tivemos a responsabilidade de fazer as coisas todas bem. Tudo com autorização. Principalmente para o senhor italiano cujo nome eu não vou dizer, é mentira, cumpri todos os protocolos», acrescentou o jogador, que voltou a Turim em Itália, onde cumpre quarentena depois de ter sido infetado com o novo coronavírus.

Recorde-se que Spadafora, quando questionado, numa entrevista, sobre se Ronaldo teria violado as normas, respondeu: «Sim, creio que sim, caso não tenha havido qualquer autorização específica de uma autoridade de saúde», afirmou. Declarações que agora o jogador vem desmentir publicamente.

Ronaldo aproveitou ainda o mesmo direto para informar os fãs sobre o seu estado de saúde. «Está tudo bem. Vim para deixar-vos tranquilos. Estou bem, sinto-me forte, animicamente e fisicamente. Está tudo a correr bem, graças a Deus. Não tenho sintomas».

«Tenho dormido bem, alimentado bem, e apanhado um sol quando posso. Em Portugal estava melhor, 20 e tal graus, aqui está mais frio. A família está noutro piso, não podemos ter contacto», acrescenta Ronaldo para tranquilizar os seus seguidores.

 

 

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...