Victoria’s Secret vai ser alvo de um spin off

A retalhista L Brands anunciou esta terça-feira que planeia dividir o seu negócio da Victoria’s Secret, na esperança de conseguir uma maior valorização, afastando a hipótese de venda que esteve em cima da mesa nos últimos tempos, de acordo com a Reuters.

A empresa de moda sediada em Columbus, no estado norte-americano do Ohio, concluiu que a solução spin off seria mais favorável para os seus acionistas do que a venda, findo um período de negociações com vários compradores interessados. “Nos últimos dez meses fizemos progressos significativos na recuperação do negócio da Victoria’s Secret”, afirmou Sarah Nash, presidente da L Brands.

De acordo com o DealBook, do jornal The New York Times, a L Brands recebeu várias ofertas superiores a 2,5 mil milhões de euros pela Victoria’s Secret, mas o corpo acionista concluiu que o spin off seria mais rentável.

Segundo a mesma publicação, a Victoria’s Secret deverá ser avaliada entre 4 mil milhões e quase 6 mil milhões de euros para os acionistas da L Brands aquando da operação de spin off.

Após a divisão da empresa nas unidades Bath & Body Works e Victoria’s Secret, uma operação que deverá estar concluída até agosto, o CEO da L Brands irá liderar a marca de produtos de cosmética e cuidado pessoal, enquanto a Victoria’s Secret irá continuar a ser dirigida por Martin Waters.



Comentários
Loading...