Resultados líquidos do Bank Millenium caem 75% nos primeiros nove meses

O Bank Millennium (Polónia) obteve resultados líquidos de 132 milhões de zlótis (29,8 milhões de euros) nos primeiros nove meses de 2020, menos 75% que no mesmo período de 2019, foi hoje anunciado.

Num comunicado hoje enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o BCP, que detém 50,1% do capital do Bank Millennium com sede em Varsóvia, Polónia, informou também que os resultados líquidos da entidade no terceiro trimestre foram de 60 milhões de zlótis (13,6 milhões de euros), menos 70% que no mesmo período de 2019.

O BCP sublinha que, excluindo itens não habituais, que entre outros incluem custos de integração e provisões relacionadas com riscos legais e com o impacto esperado da covid-19, o resultado líquido do Bank Millenium atingiu 583 milhões de zlótis (131,8 milhões de euros) nos primeiros nove meses de 2020 e 189 milhões de zlótis (42,8 milhões de euros) no terceiro trimestre, uma redução de 10% nos primeiros nove meses de 2020 e de 7% no terceiro trimestre, em termos homólogos.

O comunicado precisa que foram atribuídos 52,6 milhões de zlótis (11,9 milhões de euros) a custos de integração e provisões relacionadas com o Euro Bank e 110,4 milhões de zlótis (25,0 milhões de euros) a sinergias apropriadas com a fusão do Euro Bank, “confortavelmente acima dos custos de integração”.

O BCP destaca ainda no comunicado que, no final dos primeiros nove meses, o Bank Millenium tinha 2,64 milhões de clientes ativos, mais 30%, em termos homólogos, e registava um crescimento de 2% dos depósitos, também em termos homólogos.

Em relação ao crédito do Bank Millenium, este registou um crescimento de 7% em termos homólogos e de 12%, excluindo crédito hipotecário concedido em moeda estrangeira.

O comunicado refere ainda que a nova produção de créditos hipotecários do Bank Millenium atingiu o nível mais elevado de sempre, 1,8 mil milhões de zlótis (391 milhões de euros) no terceiro trimestre e 4,7 mil milhões de zlótis (1,0 mil milhões de euros) nos primeiros nove meses de 2020, um aumento de 49%, em termos homólogos.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...