Regina Duarte aceita ser secretária da Cultura de Bolsonaro

Após uma reunião com o presidente da República Jair Bolsonaro, a atriz Regina Duarte aceitou substituir Roberto Alvim na secretaria de estado da cultura do governo do Brasil. Em declarações à imprensa local, Regina Duarte diz que aceitou “noivar” com o governo e que está em “período de testes” a começar a partir desta terça-feira.

“Nós vamos noivar. vou ficar noiva. Vou lá [a Brasília] conhecer onde eu vou habitar, com quem vou conviver, quais são os guarda-chuvas que abrigam a pasta, enfim, a família”, afirmou a actriz.

“Quero que seja uma gestão para pacificar a relação da classe com o governo, Sou apoiante deste governo desde sempre e defendo a classe artística desde os 14 anos”, acrescentou.

Esta tarde, o Palácio do Planalto confirmou que Regina irá a Brasília na quarta-feira (22) para conhecer a estrutura da Secretaria Especial de Cultura: “Após conversa produtiva com o presidente Jair Bolsonaro, Regina Duarte estará em Brasília na próxima quarta-feira, 22, para conhecer a Secretaria Especial de Cultura do governo federal”.

Regina Duarte substitui Roberto Alvim, demitido na última sexta-feira depois de parafrasear o ministro nazi da propaganda Joseph Goebbels, em discurso de apresentação de um prémio artístico.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita