Receitas das empresas de petróleo e gás podem duplicar em 2022 para cerca de 3,7 mil milhões de euros, avança AIE

A Agência Internacional de Energia (AIE) disse recentemente que as receitas das empresas globais de petróleo e gás podem vir a duplicar as receitas em 2022 para 4 biliões de dólares (cerca de 3,7 mil milhões de euros) devido ao aumento acentuado e sem precedentes dos preços da energia.

Os dados, a que a agência ‘TASS’ teve acesso, dão conta de que o valor elevado das receitas é suficiente para uma década de investimentos no desenvolvimento de tecnologias de produção de combustíveis com níveis reduzidos de carbono e tecnologias de armazenamento de gases de efeito de estufa.

A AIE explica ainda que este valor é o dobro do nível registado em 2021.

Relativamente aos investimentos nas indústrias de petróleo, gás e carvão, e na produção de combustíveis de baixo carbono, a agência disse que vão ultrapassar os 800 mil milhões de dólares em 2022 (cerca de 759 mil milhões de euros), mas esse continua a ser um valor abaixo dos níveis pré-pandemia.

Na quarta-feira, a Agência Internacional de Energia disse temer que a Europa se veja forçada a um racionamento de gás natural depois de uma possível fecho total das exportações da Rússia.

“A Europa deve estar preparada para uma paralisação completa das exportações russas de gás”, disse Fatih Birol, Diretor da Agência Internacional de Energia, em entrevista ao ‘Financial Times’, acrescentando que a Rússia vai utilizar a energia para ganhar influência no meio da invasão à Ucrânia.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.