Quem são os três homens do Prémio Nobel da Economia de 2021?

David Card, Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens foram laureados com o Prémio Nobel da Economia.

Na página do Nobel é possível ler que Card foi premiado “pelas suas contribuições empíricas para a economia do trabalho” e Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens “pelas suas contribuições metodológicas para a análise das relações casuais” .

David Card é professor de Economia na Universidade da Califórnia e Diretor do Programa de Estudos do Trabalho no National Bureau of Economic Research.

O especialista destaca-se por estudos na área da imigração, salários, educação e diferenças relacionadas com o género e raça no mercado de trabalho.

Card é coautor do famoso livro “Mito e Medição de 1995: A Nova Economia do Salário Mínimo”, e coeditou O Manual de” Economia do Trabalho “(1999),  tendo ainda publicado outras obras e mais de 125 artigos de revistas e capítulos de livros.

Card foi coeditor da American Economic Review de 2002 a 2005, lecionou na Universidade de Princeton de 1983 a 1996, e ocupou a cátedra de economia nas Universidades de Columbia, Harvard e no Center for Advanced Study in the Behavioral Sciences.

Em 1995, o especialista recebeu o Prémio John Bates Clark da American Economic Association, que é concedido a cada dois anos ao economista com menos de 40 anos.

Já o israelita Joshua David Angrist é professor de economia nos Massachusetts Institute of Technology. Considerado como um dos maiores especialistas do mundo em economia do trabalho, Angrist destaca-se ainda pelos seus estudos em economia urbana e da educação.

O economista é ainda reconhecido pelas suas pesquisas na área das políticas públicas, liderando o departamento que analisa a desigualdade na educação do prestigiado MIT.

Por fim, Guido W. Imbens é especialista em econometria, área que leciona na Stanford Graduate School of Business. Imbens foca-se nas relações casuais, nos métodos bayesianos, e assim como Angrist nas variáveis instrumentais.

Depois de se formar na Brown University, Guido deu aulas na Universidade de Harvard, UCLA e UC Berkeley. O economista detém ainda um doutoramento “honoris causa”, concedido pela  Universidade de St. Gallen.

Imbens é ainda membro da Sociedade Econométrica e da Academia Americana de Artes e Ciências.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.