QSP SUMMIT teve impacto económico de 8.4 milhões de euros na região do Porto

Na semana passada, decorreu na Exponor a 15ª edição do QSP SUMMIT, que, registando a maior afluência de sempre, teve um impacto de 8.4 milhões de euros na região do Porto.

Em comunicado enviado às redações é explicado que os três dias do evento contaram com mais de 3 mil participantes, sendo que destes, perto de mil, mais especificamente 972 pessoas, participaram num estudo que permitiu aferir o impacto económico na zona do Grande Porto.

A análise teve como base as características de consumo dos participantes, fazendo uma estimativa dos gastos em transportes, alojamento, restauração e atividades de lazer. Das principais conclusões, é de destacar que mais de metade dos participantes do evento, 56%, não residem na região onde este aconteceu.

Sobre os conferencistas, a conclusão é que fica em média alojado três dias, gastando cerca de 25 euros por refeição fora do recinto do evento, sendo também uma oportunidade para aproveitar as saídas noturnas, um gasto médio de 18 euros.

Somando aos 8.4 milhões de euros o impacto mediático, estimado em 3.3 milhões de euros, o impacto total do evento ultrapassa os 11.7 milhões de euros.

Rui Ribeiro, CEO da QSP, entidade organizadora do evento, faz um balanço positivo e reafirma a importância do QSP SUMMIT para o país: “reunimos pela primeira vez mais de três mil pessoas, na maior edição desde que o evento foi lançado há 15 anos. É incontornável o dinamismo que trazemos às empresas e a capacidade que o evento tem de trazer novas ferramentas, perspetivas e soluções aos nossos líderes. Temos conseguido promover tanto o turismo interno, como também têm vindo à região cada vez mais chefias do estrangeiro. Esta edição contou com participantes de 18 países diferentes”.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.