Putin ordena criação de grupo de trabalho para negociar transações com países “hostis”

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou a criação de um grupo de trabalho sobre pagamentos internacionais, que se destina também a estudar e negociar transações com aliados e países “hostis”.

Este grupo de trabalho irá criar “uma infraestrutura para pagamentos internacionais, inclusive em rublos russos, com parceiros comerciais de estados e territórios estrangeiros que realizam ações hostis contra a Rússia”, de acordo com a ‘Reuters’.

O grupo será liderado pelo conselheiro presidencial Maxim Oreshkin e inclui também a Presidente do Banco Central, Elvira Nabiullina, que terá também a responsabilidade de encontrar medidas para reduzir os riscos associados ao congelamento de quase metade dos 607 mil milhões de euros (640 mil milhões de dólares) em reservas estrangeiras da Rússia.

O Presidente russo Vladimir Putin confirmou em março que países “hostis” iriam pagar o fornecimento de gás em rublos. A Rússia confirmou que iria interromper o fornecimento de gás a estes países, caso se recusassem a mudar a divisa de pagamento para rublos a partir do dia 1 de abril.

“Para comprar gás russo, eles [países “hostis”] precisam de abrir contas em rublos em bancos russos”, disse Vladimir Putin, que acrescentou que “se esses pagamentos não forem feitos, consideraremos isso uma falha do cliente em cumprir as suas obrigações.”

Os casos mais recentes foram os da Polónia e Bulgária que viram a Gazprom cortar o fornecimento no mês passado. O Kremlin disse que o mesmo acontecerá com qualquer outro país que rejeite as novas condições de pagamento.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.