Presidenciais: Televisões com emissões especiais em eleições marcadas pela pandemia

As três televisões generalistas RTP, SIC e TVI vão ter emissões especiais para a cobertura das eleições presidenciais, que este ano são marcadas pela pandemia de covid-19 e acontecem em pleno estado de emergência.

As eleições presidenciais decorrem no próximo domingo, 24 de janeiro, e concorrem sete candidatos: Marisa Matias (apoiada pelo Bloco de Esquerda), Marcelo Rebelo de Sousa (PSD e CDS/PP) Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal), André Ventura (Chega), o ex-militante do PS Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans e presidente do RIR – Reagir, Incluir, Reciclar, João Ferreira (PCP e PEV) e a militante do PS Ana Gomes (PAN e Livre).

Em comunicado, a RTP adianta que os telespetadores poderão “acompanhar todos os pormenores que marcam a noite eleitoral através das emissões da Antena 1, RTP1, RTP3, canais internacionais e nas plataformas digitais da RTP”.

A emissão dedicada às presidenciais “tem início às 18:00, na RTP3, e a partir das 18:45 entramos num simultâneo RTP1 e RTP3 até ao final da noite”, refere a estação pública, adiantando que “esta será uma emissão conduzida” pelos jornalistas José Rodrigues dos Santos, Ana Lourenço e Carlos Daniel.

“Às 20:00 iremos revelar a sondagem da Universidade Católica com as primeiras projeções de resultados da noite eleitoral em Portugal”, adianta, referindo que conta com o diretor do Centro de Sondagens da Universidade Católica, Ricardo Ferreira Reis, para fazer “uma análise aos números que irão sendo conhecidos ao longo da emissão”.

Conta também com a presença dos comentadores da RTP Pedro Adão e Silva, Pedro Norton, João Soares e Miguel Poiares Maduro “para interpretar os resultados e comentar os desenvolvimentos da noite eleitoral”, bem como com “o olhar do cartoonista André Carrilho”.

Ao longo da emissão, “iremos estar em direto das sedes dos candidatos para as primeiras reações às sondagens e resultados eleitorais conhecidos” e “vamos acompanhar em direto a consagração da vitória e a sua primeira declaração ao país, após ser conhecido o resultado”, adianta a RTP.

No final da noite, “vamos falar sobre os desafios políticos e proceder à sua análise com António José Teixeira, Domingos Andrade, Luísa Meireles e Graça Franco”, adianta.

Na SIC Notícias, a noite eleitoral será conduzida por Rodrigo Guedes de Carvalho, Clara de Sousa e Bento Rodrigues, tendo início às 19:30, “dada a particularidade destas eleições ocorrerem durante uma pandemia”.

Em estúdio vão estar “os nossos habituais comentadores – Luís Marques Mendes, José Miguel Júdice e Francisco Louçã -, que acompanharão toda a evolução da noite eleitoral”, disse fonte oficial da SIC, adiantando que o humorista Ricardo Araújo Pereira também “participará na noite eleitoral, enquanto prepara com a sua equipa o ‘Isto é Gozar Com Quem Trabalha’ da segunda-feira seguinte”.

A SIC vai apresentar uma sondagem à boca das urnas, realizada pela Metris/GfK e da responsabilidade da equipa do ICS/ISCTE, que trabalha habitualmente com a SIC e o Expresso.

“Pedro Magalhães estará na redação e nos estúdios da SIC para comentar a evolução das sondagens, das projeções e dos resultados eleitorais” e “os nossos repórteres que acompanharam a campanha eleitoral em permanência estarão espalhados por todas as sedes de campanha, acompanhando minuto a minuto a noite”, acrescentou a mesma fonte.

Depois desta emissão, a SIC Notícias terá uma operação especial, que será conduzida por Rosa Pinto, para fazer todo “o rescaldo eleitoral”, adiantando que a emissão especial da tarde, que arranca às 17:00, será apresentada por Marisa Caetano Antunes”.

Também na TVI a cobertura das eleições “ganha destaque”, através “de uma grande operação de informação, com as equipas TVI no terreno e com comentários em estúdio”.

“Estas eleições decorrem num momento único do país e assumem uma importância extraordinária para a democracia portuguesa. A informação da TVI vai cumprir a sua função e levar aos telespetadores toda a informação sobre estas eleições, com uma emissão especial apresentada pelo Pedro Mourinho, José Alberto Carvalho, Sara Pinto e Carla Moita”, refere o diretor de informação da TVI, Anselmo Crespo, citado em comunicado.

No comentário político, “a TVI terá Paulo Portas, Miguel Sousa Tavares, Manuela Ferreira Leite, Fernando Medina e Rui Moreira”, adianta.

Em comunicado, a estação de Queluz sublinha que “vai proporcionar aos espetadores uma emissão inovadora e dinâmica, com atualização dos resultados ao segundo” e que “com recurso ao grafismo e realidade aumentada, toda a tecnologia e versatilidade do estúdio de Informação TVI estará ao serviço dos portugueses”.

A informação ao minuto e em tempo real estará disponível no ‘site’ https://tvi24.pt/presidenciais.

“Informamos que o plano de contingência do grupo Media Capital que está em vigor contempla a testagem de todos os convidados e comentadores por um técnico de saúde, antes de entrarem nas instalações” e “os colaboradores envolvidos na emissão também serão testados antes de entrarem”, salienta a TVI.

Nas rádios, a “Noite Eleitoral – Presidenciais 2021” da Antena1 arranca às 19:00 e vai ser coordenada e apresentada pela editora de política Natália Carvalho.

“Trata-se de uma “emissão que conta com os comentários do jornalista Raúl Vaz, da antiga jornalista parlamentar Anabela Neves e do diretor do Media Lab do ISCTE Gustavo Cardoso”, refere a RTP.

“Ao longo da noite vão ainda passar pela Antena 1 Ricardo Ferreira Reis, diretor do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica, Miguel Maria Pereira, professor de Ciência Política da Universidade da Califórnia, e João Cancela, investigador do Instituto Português de Relações Internacionais, para uma análise aos números das projeções e dos resultados que vão sendo conhecidos ao longo da noite”, acrescenta.

A rádio pública “terá repórteres nas sedes eleitorais dos candidatos e vai também contar-nos como correu a votação entre as comunidades emigrantes”, salienta a RTP.

“Mas não é só na rádio e televisão que poderemos acompanhar a noite eleitoral”, já que a emissão “será emitida em direto no Facebook, no ‘site’ e na ‘app [aplicação] Notícias RTP”, refere o grupo de media público.

A RTP contará no seu ‘site’ com toda a informação que marca o dia “ao minuto” e a partir das 20:00 estarão disponíveis os resultados nacionais em tempo real.

Também a Renascença vai acompanhar “ao minuto” a noite eleitoral, “numa emissão especial que terá o seu arranque às 19:00 e se estenderá, pelo menos, até à meia-noite”, refere a rádio, em comunicado.

“Com coordenação de Eunice Lourenço e edição de José Pedro Frazão, a Renascença terá uma emissão especial em várias frentes: antena, rua (com repórteres nas várias sedes de campanha) e digital no site e redes sociais”, adianta.

Pela Renascença “vão passar vários convidados para a análise e comentário aos resultados eleitorais, entre eles Graça Franco, Eunice Lourenço, Henrique Monteiro e à distância Conceição Pequito, Luís Aguiar-Canraria e Nuno Garoupa”, detalha a Renascença.

“O Digital terá histórias vídeo da noite, acompanhamento minuto a minuto e reportagens diferenciadas”, conclui a rádio.

Ler Mais

Comentários
Loading...