Portugal é o terceiro maior exportador de azeite da Europa

Portugal exportou 56 mil toneladas de azeite para fora da União Europeia (UE) no ano passado, o valor mais elevado de sempre e mais do dobro do que se verificava há 10 anos, mostram os dados divulgados esta sexta-feira pelo Eurostat.

As exportações de azeite português representaram, em 2018, 10% das exportações deste produto no conjunto dos 28 Estados-membros da União Europeia. Portugal é, assim, o terceiro país que mais exporta este produto na UE, logo atrás de Espanha e Itália. Recuando a 2009, Portugal exportava cerca de 100 milhões de euros em azeite para fora da UE.

Contudo, apesar de ser o terceiro na tabela, Portugal está longe dos volumes exportados por Espanha (52% do total) e por Itália (33%). Ainda assim, o azeite português exportado para fora do espaço europeu, no ano passado, gerou receitas de 257,1 milhões de euros para os produtores nacionais.

Os Estados Unidos são a principal porta de entrada das exportações de azeite europeias. Representam 35% do azeite que os europeus exportam. Segue-se o Brasil com 11%, o Japão com 9%, o Canadá e a Austrália ambos com 5%.

Todavia, a maior parte (63%) do azeite exportado pelos europeus é importado pelos seus vizinhos e também aí Espanha e Itália dominam lideram as exportações.

Já no mercado interno, a Grécia garante o terceiro lugar de maior exportador. Dentro da UE, o azeite português é o quarto mais exportado, gerando receitas de 321,2 milhões de euros.

Há nove anos, Portugal exportava apenas 33 milhões de euros de azeite para o mercado interno, sendo que o valor subiu significativamente para 73 milhões de euros em 2011 e foi crescendo até aos mais de 300 milhões de euros atingidos no ano passado. Tudo somado, dá 10 vezes mais do que em 2010.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nescafé Dolce Gusto abre casa pop-up só para amantes de café
Automonitor
SEAT Mii electric quase a chegar