Político do Texas lança recompensa inusitada. Um milhão de dólares em troca de provas de fraude eleitoral

Um político ultraconservador do Texas, nos Estados Unidos, está a oferecer uma recompensa de um milhão de dólares pela prova de que Donald Trump está a ser alvo de fraude nas eleições presidenciais.

Dan Patrick, o tenente-governador do Texas, diz que está a oferecer o dinheiro para “incentivar, encorajar e recompensar” os cidadãos que possam fornecer provas de fraude eleitoral, apesar de Joe Biden ser o Presidente eleito dos EUA, tal como foi anunciado no sábado.

“Apoio os esforços do Presidente Trump para identificar a fraude eleitoral nas eleições presidenciais e o seu empenho em assegurar que todos os votos legais sejam contados e que todos os votos ilegais sejam desqualificados”, disse Patrick numa declaração, relatada pela estação televisiva ABC13.

“Os atrasos na contagem de votos por correspondência em outros estados levanta mais questões sobre fraude eleitoral e potenciais erros”, afirmou ainda.

Para esse efeito, o político texano está a oferecer o pagamento em frações de, pelo menos, 25.000 dólares a cada pessoa que forneça informações que levem a uma condenação. O dinheiro virá dos fundos da campanha de Dan Patrick.

Não há provas de fraude ou ato ilícito generalizado por parte dos eleitores no Texas ou em qualquer outro estado americano, apesar dos repetidos esforços de Trump e dos seus apoiantes para lançar dúvidas sobre a integridade das eleições de 3 de novembro.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...