pub

PJ alerta para aumento de abusos sexuais contra crianças durante a pandemia

Embora as denúncias tenham diminuído nos primeiros meses de pandemia, o coordenador de investigação criminal da Polícia Judiciária (PJ) alerta que o número de casos de abusos sexuais contra crianças aumentou na região de Lisboa e Vale do Tejo. Em entrevista à TSF, José Matos explica que, no acumulado e 2020, foram detidos 52 suspeitos de abusos sexuais, mais do que em todo o ano passado (48).

Destes, cerca de 80% estavam ligados a casos de alegados abusos contra menores, o que também representa uma proporção superior ao habitual. Quanto ao número de inquéritos abertos por abusos sexuais em todo o País, a TSF aponta para cerca de 600 só este ano, com 75 a 80% a envolver crianças.

Os efeitos da COVID-19 fazem-se sentir também na redução de outro tipo de crimes. Se, por um lado, aumentaram os crimes sexuais contra crianças; por outro, recuaram os casos de abusos contra adultos, o que poderá ser explicado pelo fecho de bares e discotecas.

Segundo José Matos, não é surpresa ou segredo que a maioria dos abusos a menores acontece «em meio familiar ou de proximidade física com a vítima», incluindo «vizinhos, conhecidos ou supostos amigos». Daí que relacione este aumento com o confinamento.

pub

Comentários
Loading...