Philip Morris International aumenta oferta para comprar empresa que faz “bombas de asma”

A Vectura é o mais recente alvo da Philip Morris International (PMI). Trata-se de uma empresa britânica especializada no desenvolvimento de produtos para o tratamento de doenças respiratórias como a asma.

Segundo a CNN, a PMI aumentou a sua proposta de aquisição no último domingo, colocando mais de mil milhões de libras em cima da mesa na esperança de ganhar a corrida à Carlyle. O grupo de investimento norte-americano também está de olho na mesma farmacêutica.

O interesse da PMI na Vectura será explicado com o plano estratégico da empresa para os próximos anos. Apesar de ser detentora de marcas de tabaco, é também a companhia por detrás dos equipamentos Iqos, cuja missão é promover um mundo sem fumo. Além disso, já se comprometeu a parar de vender cigarros Marlboro no Reino Unido dentro de uma década.

Em declarações reportadas pela CNN, a PMI diz ter aumentado o valor da oferta para 1,65 libras por ação da Vectura, elevando a avaliação da farmacêutica para 1,02 mil milhões de libras.

Se o PMI for a escolhida, o negócio poderá ajudar a empresa a cumprir a sua ambição para 2025: que mais de metade da receita líquida seja gerada a partir de produtos sem fumo, como os cigarros eletrónicos ou medicamentos para problemas respiratórios. Atualmente, este tipo de produtos é responsável por cerca de um quarto da faturação.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.