P&G quer alcançar emissões líquidas zero de GEE até 2040

A Procter & Gamble (P&G) anunciou ontem em comunicado que vai pôr em prática um novo Plano de Ação de Transição Climática, que visa acelerar todas as ações relacionadas com as alterações climáticas.

Na mesma proposta, a empresa revela que estabeleceu ainda o objetivo de atingir emissões líquidas de zero Gases com Efeito de Estufa (GEE) em toda a cadeia de abastecimento e operações, desde a matéria-prima até ao retalhista até 2040, além de outras metas intermédias para 2030.

“Estamos totalmente empenhados em utilizar a inovação, e o engenho da P&G, para desbloquear novas soluções para enfrentar as alterações climáticas”, comentou David S. Taylor, Chairman, P&G President and Chief Executive Officer.

As medidas da P&G que visam a sustentabilidade começaram a ser desenvolvidas nos últimos dez anos, sendo que o referido plano, que foi elaborado com uma sólida base científica, com o objetivo de atingir emissões líquidas zero, terá como prioridades a diminuição da maior parte das emissões em toda a cadeia de abastecimento e operações, desde a matéria-prima até ao retalhista.

De acordo com a empresa, quanto às emissões residuais que não podem ser eliminadas, a P&G irá recorrer a  soluções naturais ou técnicas que removam e armazenem carbono.

“A tarefa que temos pela frente é urgente, difícil, e muito maior do que qualquer outra empresa ou país. A P&G está a enfrentar estes desafios de frente, reduzindo a nossa pegada e alavancando a nossa escala para fomentar uma colaboração sem precedentes em toda a cadeia de valor”, continuou o mesmo executivo.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.