Pensionistas vão ganhar pouco mais de metade do salário até 2040

A Comissão Europeia voltou a publicar na última semana o Ageing Report, o relatório de Bruxelas que a cada três anos revê o impacto das mudanças demográficas e macroeconómicas na sustentabilidade dos sistemas de pensões na União Europeia e as noticias não são boas para Portugal.

O órgão europeu liderado por Von der Leyen prevê uma forte redução do peso na despesa pública com pensões logo a partir de 2035, como revela o Diário de Notícias. De mais de quatro quintos do salário anterior, as reformas nacionais passarão a representar nesse período já pouco mais de metade dos rendimentos de trabalho, segundo novas projeções da Comissão Europeia.

Ao olhar para 2019, ano em que, em média, o valor inicial de pensões era de 74% do último salário, as projeções de Bruxelas apontam ainda para melhorias no curto prazo com a taxa de substituição dos rendimentos a subir aos 81,1% em 2030. No entanto, depois disso, a Comissão Europeia prevê que os reformados passem a viver com 54,4% do salário que tinham até 2040.



Comentários
Loading...