Pediram-lhe uma selfie para autenticação? Tenha cuidado

Acede a plataformas que solicitam selfies para confirmar a sua identidade? Pense duas vezes antes de fazê-lo. De acordo com a empresa de segurança Kaspersky, a tecnologia que permite substituir a tradicional password está a ser utilizada pelos hackers para, em alguns casos, burlarem os utilizadores.

Segundo a Kaspersky, os hackers estão a aproveitar-se desta transição para enviar e-mails de phishing. Como funciona? Os utilizadores recebem mensagens electrónicas, onde lhes é pedido que confirmem a sua identidade através de um link. Porém, as vítimas são redireccionadas a páginas com um formulário que solicita, entre outras informações, a morada, o número de telemóvel e uma selfie com o documento de identificação visível ou até mesmo do cartão de crédito ou passaporte.

«Sabemos que os hackers têm utilizado as mais diversas estratégias para enganar os utilizadores. Neste caso, tendo os dados das vítimas nas suas mãos, os hackers podem criar contas bancárias para a troca de criptomoedas, por exemplo. Pode também servir para a lavagem de dinheiro das suas actividades», alerta Fabio Assolini, analista sénior de Segurança na Kaspersky.

Como explica o responsável, não se trata de uma simples fotografia. «Uma selfie que se faz acompanhar de um documento de identificação tem um valor muito elevado no mercado negro por comparação com uma imagem digitalizada do mesmo documento», enfatiza.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
As ideias (brilhantes) da Skoda