Ou se vacinam ou são suspensos sem vencimento. IBM lança ultimato aos colaboradores

A multinacional americana International Business Machines Corp. (IBM) informou os seus colaboradores que estes devem ser vacinados até 8 de dezembro, caso contrário serão colocados em suspensão não remunerada.

De acordo com a ‘Bloomberg’, a empresa informou que, por ser contratada do Governo, é obrigada a aderir ao mandato de vacina Covid-19 anunciado pelo presidente Joe Biden.

A IBM disse que esta medida se aplica a todos os funcionários dos EUA, independentemente de onde trabalhem ou da frequência com que vão ao escritório da empresa. A empresa afirmou ainda restringir as isenções médicas ou de caráter religioso.

Esta decisão foi motivada pela “disseminação contínua da Covid-19, pelas condições clínicas locais nas instalações da IBM e pelo facto de as vacinas estarem disponíveis de imediato em todo o país”, disse um porta-voz da empresa em um comunicado, de acordo com a mesma fonte.

Em junho passado a empresa informou os colaboradores que retornariam aos escritórios em setembro, mas um surto de Covid-19 em agosto veio alterar os planos da IBM.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.