Os maiores 30 bancos da Europa preparam um ataque coletivo e declaram guerra ao Paypal

Mais de 30 bancos europeus estão a tentar unir esforços para criar um único sistema de pagamentos digitais no bloco, capaz de destruir um “oligopólio” dominado pelos Estados Unidos.

40 especialistas de diversas áreas da banca e da informática transformaram um edifício empresarial em Bruxelas numa base pelo combate financeiro e comprometeram-se a apresentar “um serviço de pagamentos pan-europeu até setembro”.

“A ideia é construir um campeão europeu de pagamentos que possa enfrentar o PayPal, o Mastercard, o Visa, e as apps do Google e da Apple”, explicou Joachim Schmalzl, presidente da European Payment Initiative, em entrevista ao ‘Financial Times’.

“Ninguém [na Europa] consegue combater os gigantes dos cartões de crédito dos Estados Unidos, pelo que só o conseguiremos se nos juntarmos”, sublinhou Schmalzl.

Os principais investidores deste projeto são o Deutsche Bank, BNP Paribas, ING, UniCredit e Santander, responsáveis por mais da metade de todos os pagamentos na Europa, mas que não veem nem metade da receita gerada por esses atos, dado que todas as aplicações são norte-americanas. O programa conta ainda com o apoio da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu.

Esta será a segunda grande tentativa da banca europeia tentar fazer frente ao sistema de pagamentos norte-americano. Em 2011, 24 instituições financeiras do bloco desafiaram Nova Iorque e lançaram o “Projeto Monnet”, no entanto a ideia nunca saiu do papel, devido à discórdia entre vários CEO, sobretudo no que toca às taxas de juro.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...