ONU anuncia plano global de resposta humanitária à pandemia

O secretário-geral das Nações Unidas disse esta quarta-feira, através do Twitter, que a pandemia de Covid-19 «ameaça toda a humanidade».

Numa mensagem de vídeo partilhada no Twitter, António Guterres apelou a uma resposta coordenada entre todo o mundo, avisando que «as respostas individuais de cada país não serão suficientes» para lidar com a pandemia. 

Guterres anunciou que será lançado pelas Nações Unidas um plano de resposta humanitária, que prevê doações de até dois mil milhões de dólares. A medida irá prolongar-se até Dezembro.

O objectivo, sublinhou Guterres, é «capacitar o combate ao vírus nos países mais pobres do mundo, atendendo às necessidades das pessoas mais vulneráveis, incluindo mulheres e crianças, idosos, deficientes e doentes crónicos».

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detectado em Dezembro na China e já infectou mais de 428 mil pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 19 mil morreram.

O continente europeu é actualmente o que regista maior número de novos casos, 226.000, sendo Itália o país com mais vítimas mortais em todo o mundo. Contabiliza 6.820 mortos em 69.176 diagnósticos positivos e, desses infectados, mais de sete mil já foram dados como curados pelas autoridades.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde indicou hoje que o surto de Covid-19 já provocou 43 mortes e 2.995 infectados. Dada a evolução da pandemia, a 17 de Março o Governo declarou o estado de calamidade pública no concelho de Ovar e, desde a meia-noite do dia 19, todo o país se encontra em estado de emergência, que vigorará até às 23:59 do dia 2 de Abril.

*Notícia actualizada

Ler Mais
Artigos relacionados

Exclusivo MIT - Massachusetts Institute of Technology

Dormir. Factor determinante no desempenho profissional?

Pesquisas mostram que a falta de sono tem várias consequências que podem afectar negativamente o desempenho profissional. Então por que razão tantos locais de trabalho modernos condenam práticas que não ajudam a bons horários de sono?
Comentários
Loading...

Multipublicações