Oito aviões retidos no Aeroporto de Heathrow por suspeita de coronavírus

Oito aviões foram retidos no Aeroporto de Heathrow, em Londres, devido a suspeitas de coronavírus, durante a manhã desta sexta-feira, revela o “Daily Mail”.

De acordo com o jornal britânico, alguns passageiros a bordo do voo 901 da United Airlines, proveniente de São Francisco, queixaram-se com sintomas do vírus. A mesma fonte relata ao jornal que, após a aterragem da aeronave, foram obrigados a permanecer sentados. Os passageiros terão sido avisados pelo piloto que «outros sete aviões também tinham casos suspeitos do surto».

Um voo da British Airways, vindo de Kuala Lumpa, também ficou na pista durante duas horas. A tripulação de cabine ficou preocupada com a possibilidade de uma família da Malásia estar infectada com o novo coronavírus.

No entanto, as declarações de fontes aeroportuárias citadas pelo “Daily Mail” contrariam estas informações, alegando que a duração do bloqueio terá sido menor e que apenas um passageiro era suspeito de ter o vírus.

No total, já morreram 1381 pessoas na China, vítimas do Covid-19. Há também mais infecções, para um total de 63862 casos, segundo o último balanço das autoridades.  Em todo o mundo, há registo de 64447 pessoas infectadas e 1384 vítimas mortais.

Segundo o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças existem, neste momento, 35 casos confirmados na União Europeia: 16 na Alemanha, 11 em França, três em Itália, dois em Espanha e um na Bélgica, na Finlândia e na Suécia. Em Portugal, a criança, regressada da China, está a ser observada no Hospital Dona Estefânia por suspeita de infecção.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita