Obama conta lição de liderança que aprendeu com as filhas

Educar duas crianças pode resultar em várias lições, incluindo no campo da liderança. Quem o diz é Barack Obama, que descobriu com as filhas Malia e Sasha um dos segredos para orientar e guiar equipas: de acordo com o antigo presidente dos Estados Unidos da América, diferentes pessoas requerem diferentes abordagens.

Num evento em São Francisco, nos EUA, organizado pela empresa de análise de dados Splunk, Barack Obama partilhou com a audiência a lição de liderança que aprendeu com as filhas. «Sejam bamboo, carvalho ou castanheiro. Todas precisam de água, luz do sol, algum carinho, mas a forma como crescem e o ritmo, quando os ramos brotam, quando florescem, é simplesmente diferente», afirma.

Barack Obama adianta ainda que a ideia de que educar exactamente da mesma forma cada filho não faz muito sentido. Tem de haver igualdade e justiça, mas as estratégias a utilizar devem ser diferentes, adequadas a cada criança – ou pessoa, em contexto de trabalho.

Junto da sua equipa, o antigo presidente percebeu que a mesma lógica se aplicava. Com alguns funcionários podia ser mais brusco, com outros era necessário mais cuidado com as palavras

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
As ideias (brilhantes) da Skoda