O regresso das negociações. Fenprof e Ministério da Educação reúnem amanhã

Depois de ter reunido com os sindicatos que representam trabalhadores não docentes das escolas, o Ministério da Educação reunirá amanhã, 7 de janeiro, com as organizações sindicais de professores e educadores. A reunião com a Fenprof realizar-se-á às 11h30 nas instalações do ministério em Caparide, Cascais.

Para esta reunião o Ministério da Educação agendou um único ponto: balanço do primeiro período. Um ponto que abre para todos os assuntos que a FENPROF pretende levar à reunião, tanto os relacionados com a prevenção e segurança sanitária nas escolas face à situação epidemiológica que se vive, como os referentes a aspetos de natureza socioprofissional (entre outros, horários e demais condições de trabalho, progressão nas carreiras – tempo de serviço ou vagas –, aposentação ou medidas para garantir atratividade à profissão, desde logo, eliminando a precariedade no setor).

Mas a federação avança que outros aspetos estarão presentes na reunião, nomeadamente a falta de professores em algumas regiões e disciplinas; filmagem com visionamento externo de aulas presenciais; distribuição de computadores e medidas para digitalização na Educação; concursos de professores, incluindo a criação de novos grupos de recrutamento.

Para a Fenprof, esta reunião, deverá significar “o retomar de uma prática de diálogo que, há anos, desapareceu e, principalmente, seja oportunidade para calendarizar processos de negociação coletiva em áreas em que, apesar de identificadas como de negociação obrigatória, esta não se tem realizado por decisão unilateral da tutela”, explica, em comunicado.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.