Novo parque solar da EDP é o maior da empresa em Portugal

A EDP prepara-se para instalar o seu maior parque solar com armazenamento de energia em Portugal. Fruto de um acordo com a fabricante de baterias Exide, o projecto abrange duas centrais de 3,8 MWp em Castanheira do Ribatejo e Azambuja, onde a empresa tem instalações.

Estão previstos mais de 10 mil painéis solares distribuídos por 20 mil metros quadrados. Deverão estar operacionais no primeiro trimestre de 2020 e, segundo a EDP, proporcionarão uma poupança significativa na conta de energia da Exide, uma vez que a energia produzida servirá para cobrir parte da electricidade consumida pelas duas instalações.

As unidades de produção foram contratadas através do modelo de negócio Energy Manager, segundo o qual o investimento é integralmente coberto pela EDP. A energética assume a construção da central e compromete-se a vender a electricidade produzida no local à Exide por um preço competitivo. Durante os primeiros 15 anos, a EDP será responsável pela operação, manutenção e monitorização em tempo real do projecto. Quando o contrato expirar, a central torna-se propriedade do cliente.

Em termos comparativos, a energia produzida pelo novo parque daria para abastecer mais de duas mil residências. Além disso, permitirá evitar a emissão de 31 mil toneladas de CO2, correspondente a um milhão de árvores plantadas.

«A EDP está empenhada em oferecer aos seus clientes soluções sustentáveis e eficientes e este projecto inovador e pioneiro representa uma vantagem competitiva em relação ao mercado, reforçando a aposta em relações duradouras com benefícios para todas as partes», explica Vera Pinto Pereira, presidente da EDP Comercial.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...