Nove mil pessoas já assinaram petição contra tomada de posse de Joacine Katar Moreira

Nove mil pessoas já assinaram uma petição pública para impedir a tomada de posse de Joacine Katar Moreira, primeira afrodescendente a chegar ao Parlamento.

Os promotores da petição «Impedimento de tomada de posse da Impatríota Joacine Katar Moreira», que como o nome indica tem por objectivo a recolha de assinaturas contra a deputada, escrevem:«Não se percebe porque a recente eleita Sr.ª Deputada Joacine Katar Moreira, de forma directa, deixou que nos festejos da sua eleição fosse exibida a bandeira da Guiné-Bissau». 

«A Cidadã Joacine Katar Moreira, em videos disponibilizados na Internet afirma claramente e incentiva a que o cidadãos de outras etnias e minorias não tenham de respeitar os valores, direitos e garantias e liberdades inscritos na Nossa Constituição», expressam ainda, sublinhando que «a pátria portuguesa merece e exige respeito de todos os seus cidadãos ao qual os que vêm de fora e peçam nacionalidade portuguesa estão também obrigados». As assinaturas estão a ser recolhidas no portal Petição Pública. 

Através da rede social Twitter, a deputada já veio reagir.

Recorde-se que, Joacine Katar Moreira deixou a Guiné-Bissau para vir viver para Portugal aos oito anos. Foi eleita a representante do Livre no Parlamento nas eleições do passado dia 6 de Outubro. 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Domino’s Pizza vai deixar quatro mercados europeus
Automonitor
Primeiro Porsche 911: Uma obra-prima alemã