Nova SBE lança programa Check-in com patrocínio do Turismo de Portugal

O Turismo tem sido dos sectores mais afetados pela crise pandémica, enfrentando hoje e no futuro grandes desafios que exigem respostas urgentes para descobrir novos caminhos de atratividade, sustentabilidade e experiências seguras. Para trazer às PME’s nacionais e internacionais os recursos, dinamismo e inovação determinantes para vingarem nesta nova Era do Turismo, a Nova SBE, através do Entrepreneurship Hub e do Westmont Institute of Hospitality, lança o programa CheckIn – Tourism Innovation on Campus, com o patrocínio do Turismo de Portugal.

A incerteza, o medo do contágio, o confinamento, o fecho das fronteiras, provocados pela pandemia, levaram a uma interrupção do setor do turismo, que viu a sua atividade reduzida a mínimos históricos. Em Portugal, de Janeiro a Setembro de 2020, registou-se uma queda de 73,8% dos turistas (fonte: INE) comparando com o período homólogo em 2019, tendo esta redução um impacto devastador num setor composto maioritariamente por médias e pequenas empresas.

Desta forma, a inovação e a tecnologia tomam um papel principal na reconstrução, e preparação do setor para aquela que se prevê ser uma nova forma de viajar, mais responsável, mais sustentável e mais digital, respondendo às necessidades de turistas mais conscientes e mais exigentes não só nas experiências, mas também na saúde e segurança.

É neste contexto que nasce o CheckIn – Tourism Innovation on Campus, organizado pelo Entrepreneurship Hub e Westmont Institute of Hospitality da Nova SBE, com o patrocínio do Turismo de Portugal. Um esforço conjunto destas entidades para encontrar as melhores soluções desenvolvidas por startups nacionais e internacionais, e colocá-las ao dispor das PMEs do setor capacitando as empresas de forma célere e ágil, com as ferramentas e mindset necessários para a retoma.

O programa conta com a participação de 14 parceiros PMEs e institucionais representativos de diversos verticais do setor (hotelaria, alojamento local, animação turística e agências de viagens), entre eles a Amazing Evolution, APECATE, Boost, Campigir, Cosmos Active, FeelsLikeHome, Go4Travel, GuestCentric, HotelShop, Nonius Hospitality Technlogy, Osiris, Portugal Trails, Selina Hotels e TravelStore.

O processo de seleção das startups mais inovadoras já arrancou e decorrerá ao longo de 3 meses, com as candidaturas a fecharem a 23 de janeiro, seguindo-se uma fase de co-desenvolvimento de produtos-piloto entre as 20 finalistas e as 14 PMEs.

Digitalização e Contactless, Saúde e Higiene e Sustentabilidade são as áreas de desafio a que o programa procura responder com novas soluções, prevendo-se que em junho sejam apresentadas.

Assumindo-se como uma plataforma dinâmica onde as ideias e projectos fluem de forma livre e estão em constante desenvolvimento, a Nova SBE pretende agregar um diversificado conjunto de intervenientes na promoção de um programa de inovação aberta com uma estreita articulação entre a Academia, as empresas do setor e as startups. Desta forma, a escola pretende assumir um papel ativo e responsável na preparação das empresas de hoje para o Turismo de amanhã.

Ler Mais

Comentários
Loading...