Vai comprar ou arrendar casa neste verão? só 1 em cada 3 tem ar condicionado

Está a pensar em comprar ou arrendar casa neste verão e as temperaturas altas são uma preocupação?  Um estudo do idealista mostra que apenas 30% das casas em Portugal têm sistema de ar condicionado.

Para obter estes dados, o idealista analisou mais de 200 mil casas à venda e em arrendamento anunciadas na sua base de dados em junho de 2024.

Faro e Viseu são as cidades que apresentam mais casas com ar condicionado anunciadas para venda e arrendamento 50% e 40%, respetivamente, seguindo-se na lista Braga (38%), Aveiro (34%), Lisboa (33%), Leiria (30%), Funchal (29%), Porto (29%), Évora (25%), Coimbra (24%) e Setúbal (23%).

Por outro lado, as cidades com menos casas equipadas com ar condicionado são Vila Real (12%) e Guarda (14%). Seguem-se Santarém (17%), Castelo Branco (19%) e Viana do Castelo (21%).

Os dados do idealista mostram que, das casas disponíveis para arrendar, 35% conta com esta comodidade, enquanto as casas que se encontram à venda 29% têm ar condicionado.

Mas há cidades onde a oferta de casas à venda com ar condicionado supera o número de habitações colocadas no mercado de arrendamento com este sistema. Cerca de 17% das casas para arrendar em Leiria dispõem de ar condicionado, já para comprar são 30%. O mesmo acontece em Coimbra (arrendamento: 20%; venda: 24%), Santarém (arrendamento: 14%; venda: 18%), Castelo Branco (arrendamento: 17%; venda: 19%), Braga (arrendamento: 37%; venda: 38%) e Aveiro (arrendamento:33%; venda: 34%).

Por outro lado, 40% das casas para arrendar na Guarda dispõem de sistema de climatização, enquanto à venda apenas 12% contam com esse extra. Em Vila Real a situação é idêntica, existem mais casas para arrendar com ar condicionado (29%) do que para comprar (10%). O mesmo acontece em Évora (arrendamento: 35%; venda: 22%), Lisboa (arrendamento: 41%; venda: 31%), Viana do Castelo (arrendamento: 29%; venda: 20%), Porto (arrendamento: 36%; venda: 28%), Setúbal (arrendamento: 26%; venda: 23%), Funchal (arrendamento: 31%; venda: 29%), Viseu (arrendamento:41%; venda: 40%) e Faro (arrendamento: 51%; venda: 50%).

Ler Mais