“Transferência de jatos F-16” para Ucrânia já começou, anuncia Blinken

Os países da NATO iniciaram a transferência de aviões de combate F-16 para a Ucrânia, a fim de fortalecer a defesa deste país contra a Rússia, anunciou hoje o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken.

“Tenho o prazer de anunciar que, neste momento, a transferência de aeronaves F-16 está em andamento, da Dinamarca e dos Países Baixos”, disse Blinken à margem da cimeira da NATO em Washington.

“Esses aviões voarão nos céus ucranianos neste verão para garantir que a Ucrânia possa continuar a defender-se eficazmente contra a agressão russa”, acrescentou, num fórum de discussão.

Num comunicado, a Casa Branca afirmou também que a Bélgica e a Noruega se comprometeram a fornecer aeronaves adicionais como parte de uma coligação de países que fornecem estes aviões à Ucrânia.

Kiev espera que os jatos de combate fabricados nos Estados Unidos ajudem a proteger melhor os seus soldados e as suas cidades dos bombardeamentos russos diários.

A Ucrânia começou a solicitar F-16 logo após a invasão russa em fevereiro de 2022, e os pilotos ucranianos passaram meses de treino em países da NATO, incluindo os Estados Unidos.

Ler Mais