Mercadona distribui 600 milhões de euros em prémios pelos trabalhadores

O Comité de Direção da Mercadona decidiu, no âmbito da sua estratégia de partilhar os lucros, distribuir 600 milhões de euros pelos mais de 100.000 trabalhadores da empresa, mais 50% do que em 2023, ano em que o valor total distribuído foi de 405 milhões de euros.

Assim, no próximo mês de março, os colaboradores, após o primeiro ano e caso atinjam as metas e objetivos definidos no início do ano, receberão um salário extra, valor que ascende a dois salários depois de alcançados cinco anos de antiguidade.

Este ano, excecionalmente, os colaboradores receberão adicionalmente um prémio extra correspondente a metade do seu salário.

“O compromisso excecional das mais de 100.000 pessoas que formam a Mercadona de melhorar a experiência dos nossos ‘chefes’ todos os dias, a qualidade dos nossos produtos e a constante implementação de melhorias tecnológicas e inovadoras, que tornam os nossos processos mais eficientes, facilitando a nossa rotina de trabalho. É, por tudo isto, que todos merecemos ganhar, este ano, um extra de mais meio salário, ao qual temos de acrescentar o prémio por objetivos que nos corresponde – um ou dois salários, dependendo da nossa antiguidade na empresa”, explica a retalhista em comunicado.

Desde que os acionistas da Mercadona lançaram esta iniciativa, em 2001, a empresa já distribuiu com os seus colaboradores mais de 5.580 milhões de euros.