Lucros da Ibersol mais do que triplicam para 3,1 milhões de euros no primeiro semestre

A Ibersol registou lucros de 3,1 milhões de euros, nos primeiros seis meses deste ano, mais do triplo dos resultados que obteve no período homólogo, segundo um comunicado publicado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O grupo, que detém várias marcas de restauração, disse que, “apesar do contexto desafiante, resultado do impacto da inflação dos produtos alimentares e do aumento da sensibilidade dos consumidores ao preço, os crescimentos acentuados da atividade no semestre, permitiram mitigar a pressão verificada na estrutura de custos, nomeadamente ao nível da margem bruta”.

Assim, a Ibersol registou um volume de negócios que “ascendeu a 192,7 milhões de euros tendo superado por 30% os 148,5 milhões de euros registados no período homólogo de 2022, com mais 9% de restaurantes operados diretamente”, lê-se na mesma nota.

Por sua vez, o EBITDA (resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) ascendeu “a 30,2 milhões de euros, representando um aumento de 41% face a igual período de 2022”, referiu.

Segundo a Ibersol, no final do semestre, o número total de unidades que detinha era de 494 (432 próprias e 62 franquiadas).

A Ibersol destacou ainda que, durante o semestre, se verificou “o encerramento definitivo de cinco unidades em Espanha (quatro franquiadas e uma própria), concretizando-se a abertura de dez restaurantes em Espanha (nove em formato provisório no Aeroporto de Madrid e um novo restaurante da KFC) e dois restaurantes em Portugal, da Pans e Pizza Hut”.

A empresa lembrou ainda que teve início “o novo contrato de concessão no aeroporto de Lanzarote, no qual o grupo assegurou a manutenção da exploração dos sete restaurantes que já operava e de um restaurante adicional com abertura prevista para o segundo semestre”.

A empresa revelou ainda que o seu investimento total “ascendeu a 7,7 milhões de euros”, sendo que cerca de 6,2 milhões correspondem ao “investimento incorrido na concretização do plano de expansão e o restante na remodelação e modernização de um conjunto de restaurantes”.

Adicionalmente, indicou, “foi efetuado um investimento financeiro num aumento de capital da sociedade espanhola Medfood, que explora indiretamente 31 restaurantes KFC em Espanha, por um montante de três milhões de euros, ficando com a possibilidade de aquisição da totalidade do capital ou de saída pelo valor investido com correção monetária, decisão que deverá ser tomada até ao final do ano”.

De acordo com a Ibersol, no final do semestre, “a dívida líquida (incluindo as responsabilidades com locação) era de 46 milhões de euros, o que representa um aumento de 125 milhões de euros face ao valor negativo em dívida no final de 2022”.

Ler Mais