Explicador: Como escolher uma garrafa de vinho de qualidade? Siga estas dicas de um sommelier

Imagine que ganhou um sorteio e, de repente, têm 150 euros para gastar em vinhos. Que sonho! Mas chega a hora de escolher, e a pressão aumenta pois, com este dinheiro, quer comprar um vinho de sonho.

Thatcher Baker-Briggs, sommelier experiente e fundador da Thatcher’s Wine, dá algumas dicas valiosas para quem quer comprar um vinho excelente sem ultrapassar o orçamento:

 

  1. Peça ajuda!

A melhor forma de garantir uma boa garrafa, segundo Baker-Briggs, é contar com a ajuda de um especialista. É como comprar a sua primeira obra de arte: precisa de alguém que entenda do assunto.

Procure uma loja especializada em vinhos ou, se preferir, compre online num site que ofereça atendimento personalizado. Outra opção é procurar indicações online em sites como o CellarTracker ou até mesmo no Instagram, onde há pessoas que partilham as suas experiências com diferentes vinhos.

 

  1. Leia o rótulo com atenção

Muitos de nós escolhemos o vinho pela aparência do rótulo. Não há problema nisso, desde que saiba o que procurar. Baker-Briggs alerta para alguns sinais que podem indicar um vinho de baixa qualidade, como “cultivado de forma sustentável” ou “vegano”. Segundo ele, esses rótulos são geralmente usados para marketing e não garantem a qualidade do vinho.

Preste atenção ao nome da vinha no verso da garrafa. Isso indica que o produtor se preocupa com a origem das uvas e com a qualidade do produto.

Certificações como “orgânico” e “biodinâmico” podem ser um bom sinal, mas nem sempre garantem um vinho excecional. Além disso, podem significar que o vinho é produzido em larga escala, o que nem sempre é desejável.

 

  1. Explore regiões menos conhecidas

Se está à procura de um vinho realmente especial, não precisa de se limitar às regiões famosas como Bordeaux e Napa. Segundo Baker-Briggs, essas regiões oferecem ótimos vinhos, mas os preços costumam ser altos.

Para um melhor custo-benefício, explore regiões com produtores jovens e inovadores que estão revolucionando o mundo do vinho. Por exemplo, na Borgonha (França), novos produtores estão a explorar áreas de altitude mais elevada que, devido às mudanças climáticas, se tornaram propícias para o cultivo de uvas. Em Itália, a região do Piemonte oferece vinhos Langhe Nebbiolo, Barbera, Freisa e Dolcetto excepcionais a preços acessíveis. E até mesmo em Champagne, é possível encontrar ótimas opções a preços mais baixos.

Ler Mais