Bolsas europeias em alta pendentes da decisão da Fed

As principais bolsas europeias estavam hoje em alta, pendentes do início da reunião de política monetária de dois dias da Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed).

Às 08:55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava a avançar 0,10%, para 457,19 pontos.

As bolsas de Londres e Paris avançavam 0,17% e 0,19%, bem como as de Madrid e Milão, que se valorizavam 0,30% e 0,29%, respetivamente.

Frankfurt era a exceção, já que recuava 0,08%.

Depois de abrir em alta, a Bolsa de Lisboa mantinha a tendência, estando às 08:55 o principal índice, o PSI, a subir 0,50%, para 6.157,80 pontos.

O preço do petróleo continua a subir e a pressionar a melhoria da inflação.

Depois de ter ultrapassado 95 dólares por barril antes da abertura, novos máximos desde novembro, o Brent avançava 0,48% neste momento e estava a ser negociado a 94,86 dólares.

Wall Street, por seu turno, fechou quase estável, com uma subida mínima de 0,02%, à espera da Fed.

A Reserva Federal inicia hoje a sua reunião de dois dias. A decisão da taxa de juros do Fed deve ser anunciada na quarta-feira.

O mercado espera que a Fed faça uma pausa e deixe as taxas inalteradas.

Antes da Fed, está previsto o anúncio da decisão de política monetária do Banco de Inglaterra, que deverá aumentar as taxas de juro devido aos fortes dados macroeconómicos e à inflação persistente.

A agenda de hoje inclui, além dos últimos dados sobre a inflação na zona euro, as perspetivas económicas da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE).

No mercado da dívida, o rendimento da obrigação alemã a dez anos atingiu 2,709%.

Na segunda-feira, Wall Street fechou em alta ligeira, com o Dow Jones a subir 0,02%, para 34.624,30 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro de 2022.

O Nasdaq terminou a avançar 0,01%, para 13.710,24 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro de 2021.

A nível cambial, o euro abriu a desvalorizar-se no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,0676 dólares, contra 1,0692 dólares na segunda-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em novembro abriu a subir no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 94,99 dólares, um máximo desde julho de 2022, contra 94,43 dólares na sessão anterior.

Ler Mais



a carregar...

Comentários
Loading...