Atenção, agricultores: Terminam hoje as candidaturas ao Pedido Único de ajudas à produção (mas com penalização)

O prazo para candidaturas ao Pedido Único de ajudas à produção na agricultura terminou na passada sexta-feira, no entanto, o Ministério da Agricultura decidiu voltar a alargar o prazo até hoje, mas com uma penalização de 1% por dia útil, devido às candidaturas de maior complexidade.

Na quinta-feira, o governante anunciou no parlamento que, esta semana, foram submetidas, em média, 4.000 candidaturas por dia.

Segundo dados do ministério foram submetidas 179.270 candidaturas ao PU. Por distrito, destacam-se, por exemplo, Bragança (28.265 candidaturas submetidas), Vila Real (21.216) ou Guarda (14.244).

O PU é um pedido de pagamento direto das ajudas que fazem parte dos regimes sujeitos ao SIGC – Sistema Integrado de Gestão e Controlo. Este pedido abrange os pagamentos diretos, os apoios associados, ecorregimes, desenvolvimento rural, pagamentos da rede natura, a manutenção da atividade agrícola em zonas desfavorecidas e as medidas florestais.

O Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC) é financiado pela União Europeia para o período entre 2023 e 2027, através de pagamentos diretos, de medidas setoriais das frutas e hortícolas, da vinha e da apicultura e de instrumentos de desenvolvimento rural.

A candidatura ao PU 2024 poderá ser efetuada diretamente pelo Beneficiário na Área Reservada do Portal do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP), através de formulário próprio.

Ler Mais