Nobel da Economia pede proibição das criptomoedas: Joseph Stiglitz diz que facilitam “lavagem de dinheiro”

Joseph Stiglitz, nobel da Economia em 2001, defendeu esta sexta-feira que as criptomoedas devem ser proibidas, uma vez que facilitam a “lavagem de dinheiro” a grande escala.

“Fechem-nas”, foi o que disse em declarações ao jornal alemão ‘Der Spiegel’, citado pela agência ‘EFE’, acrescentando que a proibição podia ser introduzida no ponto da cadeia no qual as criptomedas se alteram para dinheiro normal.

Tendo em conta que as instituições trabalham há muito tempo para tornar os mercados financeiros mais transparentes, o nobel da Economia disse que as criptomoedas, por serem digitais, vão contra essa transparência.

“Neste momento há dois grandes buracos que temos que fechar, as criptomoedas e os imóveis”, afirmou em referência à luta contra o branqueamento nos Estados Unidos, país que continua a ser um centro de “lavagem de dinheiro”.

Relativamente à responsabilidade dos problemas do setor imobiliário norte-americano, Joseph Stiglitz “chama” o ex-presidente dos EUA Donald Trump à responsabilidade, acrescentando que enriqueceu à base do branqueamento de capitais.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.