Nenhum grande banco da Zona Euro cumpre metas de gestão de risco climático do BCE

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou esta segunda-feira que nenhum grande credor da Zona Euro cumpre as metas de gestão de risco climático. Esta informação foi avançada a poucos meses de se realizar o maior teste de stress climático feito até hoje, no primeiro semestre de 2022.

As diretrizes relacionadas com o clima e risco ambiental foram anunciadas há cerca de um ano, mas os bancos não estão comprometidos e estão num processo lento de adoção, revela a ‘Reuters’.

“Os bancos deram os primeiros passos para incorporar os riscos relacionados com o clima, mas nenhum está perto de responder a todas as expectativas da supervisão”, disse o BCE em comunicado, acrescentando que “apenas um terço dos bancos têm planos em vigor que são pelo menos amplamente adequados, e metade não terá concluído a implementação dos seus planos até o final de 2022”, acrescentou.

De acordo com o BCE, os bancos progrediram no cumprimento das expectativas em relação aos órgãos de gestão, apetite de risco e gestão de risco operacional, mas estão áquem no que respeita a fatores como relatórios internos, gestão de risco de mercado e liquidez e testes de stresse.

Menos de um quinto dos bancos desenvolveu indicadores-chave de risco para monitorização, e os que concluíram que não estão expostos a riscos relacionados com o clima apresentaram falhas significativas na sua avaliação, revela a mesma fonte.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.