Nem o Luanda Leaks destronou Isabel dos Santos como mulher mais rica de África

Nem os documentos revelados no «Luanda Leaks» destronaram a empresária Isabel dos Santos do primeiro lugar da lista das mulheres mais ricas de África. De acordo com o índice da revista “CEO World”, hoje divulgado, a filha mais velha do homem que governou Angola durante 38 anos (1979-2017), José Eduardo dos Santos, tem uma fortuna pessoal de quase 2,2 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros), o que a torna a 14ª mais rica de África.

Porém, se tivermos em conta o ranking das mulheres mais ricas do mundo, da mesma revista, a fortuna pessoal de Francoise Bettencourt Meyers, neta da fundadora da L’Oréal e presidente do conselho de administração da marca, avaliada em 59,1 mil milhões de dólares, é quase 30 vezes superior à de Isabel dos Santos. Globalmente, a empresária angolana surge em 147.º lugar na lista das 239 mulheres mais ricas.

Isabel dos Santos está a ser investigada em Angola por suspeitas de gestão danosa e evasão fiscal num caso relacionado com Sonangol, a empresa petrolífera estatal de cujos cofres foram transferidos 115 milhões de dólares para uma empresa alegadamente controlada pela empresária. No total, a empresária é suspeita de ter lesado o estado angolano em mais de mil milhões de dólares (914 milhões de euros) em negócios que envolveram a Sonangol, a Sodiam e o processo de compra da Efacec.

Esta terça-feira, recorde-se que foram congeladas contas bancárias que a empresária angolana Isabel dos Santos tem em Portugal por ordem das autoridades judiciais portuguesas. O congelamento surge no âmbito do processo cível que corre no Tribunal Provincial de Luanda, que no final do ano passado ordenou o arresto das participações de Isabel dos Santos e do marido Sindika Dokolo, nas empresas onde têm posição accionista, nomeadamente na Sonangol, na Unitel e nos bancos BIC e BFA.

Já o Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação revelou no dia de 19 de Janeiro mais de 715 mil ficheiros, sob o nome de «Luanda Leaks», que detalham esquemas financeiros do casal, que terão permitido retirar dinheiro do erário público angolano, utilizando paraísos fiscais. Isabel dos Santos terá montado um esquema de ocultação que lhe permitiu desviar mais de 100 milhões de dólares (90 milhões de euros) para uma empresa sediada no Dubai e que tinha como única accionista declarada Paula Oliveira, amiga da empresária e ex-administradora da operadora Nos.

O empresário nigeriano Aliko Dangote, nascido numa família de comerciantes muçulmanos, lidera a tabela dos mais ricos do continente africano, com uma fortuna pessoal de 10.1 mil milhões de dólares, construídos com base na produção e comercialização de cimento. Além de ser o homem mais rico de África é o único africano na lista dos mais ricos do mundo.

  • Veja abaixo a lista completa dos mais ricos de África:
Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita