Natal em tempos de pandemia. 10 dicas para celebrar sem descurar a segurança

O Natal aproxima-se a passos largos e muito se tem falado sobre como será está altura do ano habitualmente tão esperada pelos portugueses, num momento em que o país ainda luta ferozmente contra a pandemia da Covid-19.

O Governo já admitiu que as medidas para esta fase estão a ser preparadas, mas por enquanto ainda não foi dada qualquer orientação oficial, ao contrário do que acontece, por exemplo em outros países da Europa, onde já existem restrições determinadas.

Ainda assim, é importante perceber de que forma é possível tornar esta celebração mais segura em tempos de pandemia. Um grupo de especialistas britânicos, consultados ‘The Guardian’, realizaram uma lista com 10 dicas para um Natal mais seguro.

1. Reconsidere a natureza do Natal

Se não faz parte de um grupo de alto risco, não é totalmente irresponsável conviver com algumas pessoas da maneira mais segura possível, sugere Lucy Yardley, professora de psicologia da saúde na Universidade de Bristol. «Mas o que realmente não vai funcionar é o Natal continuar a ser feito da maneira tradicional», acrescenta.

Portanto, pense com flexibilidade. Considere a realização das refeições e troca de presentes no jardim, ao ar livre, uma caminhada com um piquenique ou até mesmo o evitar comer em conjunto, uma vez que inevitavelmente terão de retirar as máscaras e, muitas vezes, sentar-se próximo de pessoas enquanto conversam por períodos prolongados.

2. Isolamento antes do Natal

Se está doente, obviamente deve ficar em casa. Mas, para reduzir o risco de transmissão assintomática do coronavírus, pode considerar a auto-quarentena antes do Natal. «Se for capaz de se isolar completamente por 14 dias antes, então realmente estará muito seguro», diz Yardley. «Cinco dias não é suficiente, embora seja melhor do que nada. Dez dias seria bom e 14 dias melhor ainda», acrescenta.

3. Tente evitar ver toda a gente ao mesmo tempo

Várias famílias numa só espaço não torna o evento seguro, principalmente se a sua casa for pequena. Quanto mais pessoas recebe num único local, maiores são as probabilidades de alguém estar inadvertidamente a carregar o vírus, sendo também mais difícil de manter o distanciamento social.

4. Mantenha a casa ventilada

Existem muitas maneiras de reduzir o risco de transmissão em ambientes fechados, incluindo desinfeção de superfícies tocadas com frequência, uso de máscara, manutenção de uma distância de dois metros de outras pessoas e uso de casas de banho separadas.

A ventilação é particularmente importante e, em casas bem isoladas, uma única janela aberta pode não ser suficiente. «O que realmente faz a diferença é ter algum fluxo de ar pela casa, mantenha as portas abertas e uma janela nas partes superior e inferior da casa entreabertas», refere Gabriel Scally, professor de saúde pública da Universidade de Bristol. O mesmo se aplica a quartos individuais: mantenha portas e janelas abertas.

5. Lembre-se de que casa não significa segurança

Cancelar pequenos encontros é uma das estratégias mais eficazes para prevenir a transmissão de Covid-19, segundo um estudo recente na Nature Human Behavior .

Reunir-se na «segurança» da sua própria casa é particularmente arriscado, precisamente porque percebemos que é seguro, alerta Stephen Reicher, professor de psicologia social da Universidade de St Andrews. «Sentimo-nos relaxados em casa e isso pode ser perigoso porque pode significar que baixamos a guarda.», afirmou.

6. Aprenda a dizer não educadamente

Pode ser difícil afastar um familiar se ele se aproximar para um abraço ou o convidar para entrar. Para evitar parecer mal educado, pode pensar em situações potencialmente embaraçosas e tentar evitá-las. «Tente enquadrar o seu dizer ‘não’ como uma oferta, em vez de uma rejeição», sugere Reicher.« Não diga ‘não te aproximes’, mas sim ‘devo manter distância para não te infetar», acrescenta.

7. Modos à mesa

Se tiver espaço e móveis disponíveis, considere uma disposição de mesa em forma de U ou até mesmo mesas separadas para diferentes famílias. «Ter pessoas de diferentes famílias a interagir diretamente não é uma boa ideia», diz Linda Bauld, professora de saúde pública da Universidade de Edimburgo.

Para além disso, tocar música de fundo também é de evitar, porque incentiva as pessoas a levantarem a voz e a emitir mais gotículas pela boca. Evite ainda tocar em sítios onde outras pessoas tocaram, incluindo pratos de comida. O ideal é que quem chega traga a suas própria loiça e talheres, levando-os ao sair.

8. O tempo é importante

A quantidade de tempo que passa em ambientes fechados faz diferença para o acumular de vírus no ar. De uma perspetiva de rastreamento de contato, 15 minutos após sentar-se a dois metros de alguém dentro de casa é a definição de «contato próximo». Visitas mais curtas são, portanto, melhores do que visitas mais longas.

Se está a planear visitar familiares ou amigos, ou convidar pessoas, considere fazê-lo pela manhã, em vez de à tarde ou à noite. É mais fácil convencer as pessoas ao ar livre quando há luz do dia e é menos provável que consuma álcool. «Se o álcool estiver envolvido, as pessoas provavelmente ficarão mais tempo e o distanciamento físico muitas vezes torna-se mais difícil», diz Bauld.

9. Ao ar livre é melhor, mas não sem risco

Se está a pensar em fazer uma caminhada no dia de Natal tente manter distância entre outras famílias. Embora os riscos de transmissão sejam menores em ambientes externos, dois metros ainda é o mínimo ideal.

Se vai participar em cânticos natalícios (caso seja for permitido sob a orientação do governo que ainda não foi divulgada), provavelmente deveria afastar-se ainda mais. «Mas é bom cantar uns para os outros no jardim», diz Yardley.

10. Considere um Natal de pleno verão

Adiar reuniões com familiares ou amigos até ao verão pode ser a estratégia mais segura de todas. «Poderíamos decidir amar-nos mantendo a distância e planeando uma festa incrível para o Solstício de Verão», sugere Reicher. «Pessoalmente, sempre gostei da ideia de uma barbie de Natal na praia», acrescentou.

Ler Mais

Comentários
Loading...