Mota-Engil paga dividendo adicional de 1,725 cêntimos por ação a partir de 5 de outubro

A Mota-Engil vai pagar um dividendo adicional de 1,725 cêntimos por ação a partir de 5 de outubro relativo ao exercício de 2021, foi hoje comunicado pelo grupo à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Num comunicado enviado à CMVM, a Mota-Engil refere que o pagamento deste dividendo ilíquido decorre “de acordo com o deliberado em assembleia geral de 06 de maio de 2022, e uma vez verificada a condição estabelecida na referida deliberação”.

Na AG referida, foi deliberado que este pagamento seria realizado se o resultado líquido do grupo no final do primeiro semestre deste ano fosse “superior a 50% do resultado líquido consolidado atribuível ao Grupo Mota-Engil no ano de 2021”.

O valor de 1,725 cêntimos por ação está sujeito a retenção de IRS/IRC de acordo com as regras de tributação aplicáveis e taxas em vigor à data de pagamento, devendo os acionistas que beneficiam de isenções ou dispensa legal provar “tal facto junto das entidades registadoras ou depositárias das ações até ao dia anterior ao pagamento do dividendo”.

Na nota à CMVM é apontado ainda que o agente pagador nomeado para o efeito a Caixa Geral de Depósitos e que o pagamento se irá processar através da Central de Valores Mobiliários de acordo com o regulamento em vigor aplicável a valores mobiliários escriturais.

A Mota-Engil acrescenta, também, que a partir de dia 03 de outubro, as ações serão transacionadas em bolsa sem conferirem direito ao dividendo.

A Mota-Engil fechou o primeiro semestre de 2022 com um lucro de 12 milhões de euros, mais 37% do que os resultados registados no mesmo período do ano passado.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.