Microsoft promove maior interação entre líderes e funcionários. Tecnológica revela novas tendências e funcionalidades para o trabalho híbrido

A Microsoft divulgou esta quinta-feira o estudo “Work Trend Index Pulse Report – “Hybrid Work Is Just Work. Are We Doing It Wrong?”, que reuniu mais de 20 mil pessoas entrevistadas, em 11 países, numa análise de triliões de sinais de produtividade do Microsoft 365 e LinkedIn.

Uma das principais conclusões é que o trabalho híbrido tem criado uma desconexão crescente entre colaboradores e líderes, sendo que ambos não concordam sobre aquilo que representa a produtividade, a forma de manter a autonomia enquanto asseguram a responsabilização, os benefícios da flexibilidade e o papel do escritório.

Por isso, para acabar com essa lacuna. a tecnológica admite que é necessário uma nova abordagem que reconheça que o trabalho já não é apenas um lugar, mas uma experiência que precisa de transcender o tempo e o espaço – permitindo aos colaboradores permanecer empenhados e conectados, independentemente do local em que estejam.

Para Paula Fernandes, Diretora de Colaboração e Produtividade na Microsoft Portugal, “os dados reforçam que precisamos urgentemente de uma nova abordagem para o envolvimento dos colaboradores, que agregue a força de trabalho digitalmente conectada e distribuída, realinhe os colaboradores às necessidades de negócio e os reintegre na cultura e missão das organizações. Os líderes devem concentrar-se no impacto dos seus colaboradores, esclarecendo que componentes do trabalho realmente importam e ouvir suas necessidades individuais”.

Desta forma, o estudo conclui três medidas urgentes a adotar pelos líderes: acabar com a paranoia da produtividade, aceitar que as pessoas vão ao escritório umas pelas outras e “re-recrutar” os colaboradores.

Para além disso, a empresa lança, também, novos recursos no Microsoft Viva, a sua plataforma de experiência do trabalhador concebida para ajudar a capacitar e apoiar os colaboradores numa fase de incerteza económica. Estas novas funcionalidades estarão disponíveis no início de 2023.

Fazem parte dessas novas aplicações e funcionalidades, o Viva Pulse, para os gestores e líderes obterem feedback regular e confidencial sobre a experiência da sua equipa, o Viva Amplify, para capacitar os líderes e comunicadores para que as suas mensagens cheguem os colaboradores com consistência e impacto, o Answers in Viva, que utilizará IA para corresponder as questões dos colaboradores com as respostas e especialistas em toda a organização e o People in Viva, que irá utilizar a IA para criar cartões de perfil detalhados com os interesses, conhecimentos e objetivos de equipa para ajudar os colaboradores a conectarem-se mais facilmente.

A Microsoft apresenta ainda o Leadership Corner, que é um espaço para convidar os colaboradores a interagir diretamente com os líderes, o Viva Goals, que ajuda as organizações a alinhar o trabalho dos colaboradores com os resultados do negócio, e o Viva Sales, que proporciona uma experiência de venda mais racionalizada e com recurso a IA.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.