Microsoft junta-se à Porto Editora para facilitar ensino híbrido em Portugal

O Microsoft Teams e a Escola Virtual vão andar de mãos dadas para simplificar a aprendizagem colaborativa de professores e alunos, de forma a da resposta aos desafios que o ensino híbrido coloca. Pelo menos, é este o objetivo da Microsoft Portugal e da Porto Editora ao fecharem uma parceria que permite a apresentação de uma solução integrada para tirar o melhor partido possível das respetivas plataformas digitais.

Segundo é desvendado em comunicado, a aplicação Escola Virtual, da Porto Editora, foi desenvolvida especificamente para integrar o Microsoft Teams para Educação. Na prática, isto significa que é possível adicionar turmas ao Microsoft Teams e, a partir daí, gerir a aprendizagem dos alunos através de ferramentas de comunicação e coedição, por exemplo.

São permitidas chamadas ou reuniões em vídeo com até 50 alunos, que podem aceder a imagens em simultâneo e, ainda, a uma sala de aula virtual. Além disso, há pastas especiais como “Materiais de Aula” e “Bloco de Notas Escolar” que facilitam a partilha de conteúdos. No que à avaliação diz respeito, esta integração possibilita a utilização do workflow digital “Trabalhos”.

Segundo a Microsoft, este é um processo totalmente seguro, uma vez que os professores e alunos acedem à plataforma através de credenciais criadas e geridas pela escola.

«É um passo com impacto significativo no quotidiano dos professores e alunos», garante Rui Pacheco, diretor do Centro Multimédia do Grupo Porto Editora. De acordo com o responsável, irá «simplificará o trabalho, agilizará a relação e a comunicação entre todos, a gestão das tarefas e dos momentos de aprendizagens, síncronas ou assíncronas».

Sandra Martinho, diretora para a área da Educação e Filantropia na Microsoft Portugal, acrescenta que «esta parceria vem facilitar o percurso de aprendizagem em qualquer ambiente, seja meramente remoto ou híbrido e reforçar o investimento que a Microsoft tem vindo a desenvolver junto da comunidade educativa na adoção de ferramentas tecnológicas que fomentam a colaboração como um o exercício diário das competências do século XXI».

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.