México enfrenta nova onda de migrantes

Centenas de migrantes centro-americanos atravessaram a fronteira da Guatemala com o México nesta quinta-feira, desafiando o governo mexicano, que impediu o movimento de pessoas para o norte sob pressão dos Estados Unidos, de acordo com a Reuters.

Imagens televisivas mostraram uma caravana de migrantes que se deslocavam em direcção à cidade de Tapachula, no sul do México, depois de atravessar o rio Suchiate, que divide o México e a Guatemala.

A maioria quer chegar aos Estados Unidos, no entanto, o presidente Donald Trump pressionou o governo mexicano a adoptar medidas mais rigorosas para reduzir o fluxo de migrantes.

Muitos dos migrantes da América Central que estão a caminho do norte fogem das dificuldades económicas e da violência.

O actual grupo de migrantes é o maior conjunto de pessoas a desafiar o México desde que o seu presidente, Andrés Manuel Lopez Obrador e alguns governos da América Central, fizeram vários acordos com Trump para reduzir a pressão na fronteira sul dos EUA.

Trump ameaçou sancionar economicamente o México e as nações da América Central, caso não reduzam o fluxo de migração.

Os migrantes que deram entrada no México, no início desta semana, foram agredidos com gás lacrimogéneo por parte das forças de segurança, procurando assim dar uma resposta firme.

O Ministro das Relações Externas do México, Marcelo Ebrard, declarou mesmo que várias centenas de recém-chegados foram imediatamente deportados.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita