Metaverso vai revolucionar o mercado de trabalho. Estas são as 11 novas profissões que vão surgir até 2030

O advento do novo “universo cibernético”, em que o digital e o humano se fundem, vai transformar a forma como trabalhamos, e o mercado laboral vai também testemunhar essas mudanças.

Uma análise da Adecco Portugal prevê que irão surgir, até 2030, 11 novas profissões integradas no metaverso, exigindo aos trabalhadores novas competências, nomeadamente na área da programação, mas também vão requerer competências já em utilização no mercado atual. Para não ficarem para trás, as empresas devem preparar-se para conquistar esse novo território em expansão, com a requalificação dos seus trabalhadores.

A Adecco diz que estas novas profissões “terão muita procura” em 2030 e que o metaverso é “terreno fértil para novas carreiras, inimagináveis há alguns anos”. Mas que profissões são essas?

1.Designers de vestuário para avatares

No metaverso, os humanos são imersos num mundo digital em que a sua presença é manifestada através de representações virtuais, à semelhança de personagens de jogos RPG (role playing games). Com a transição para essa nova realidade, espera-se que surja a procura por profissionais que desenhem roupas, “cosendo” bits e bytes, para os avatares dos utilizadores.

2. “Caçadores” de dados

Os dados são a força vital dos mundos virtuais, e o metaverso não será exceção. Prevê-se que surjam “caçadores” de dados, que, de acordo com a Adecco, serão “especializados em questões jurídicas e em extração de dados”.

3. Metamédicos

Como representações virtuais de seres humanos reais, os avatares terão associados a eles os dados biométricos e até o historial clínico dos seus utilizadores. Assim, os profissionais de saúde poderão realizar consultas e proceder a diagnósticos através de consultas nesse mundo virtual.

4. Arquitetos de metaverso

O metaverso precisará de profissionais especializados na organização e construção do mundo virtual, com a conceção de objetos, lugares ou experiências, procurando transportar o real para o digital.

5. Diretores de eventos no metaverso

Como uma nova dimensão existencial, o metaverso terá concertos, exposições de arte e outros eventos, e isso exigirá pessoas especializadas na sua organização e criação.

6. Cientista de metaverso

Os investigadores especializados nas áreas digitais precisarão de adquirir competências e conhecimentos específicos sobre essa nova dimensão virtual, designadamente a engenharia de software, a engenharia informática, o desenvolvimento de jogos, ciência de dados, tecnologias de ‘machine learning’, ‘deep learning’, ‘Big Data’ e precisarão de ter uma visão computacional.

7. Criador de ecossistemas

Esses profissionais terão como responsabilidade garantir que todas as potencialidades do metaverso são exploradas em toda a sua extensão e assegurar que as infraestruturas tecnológicas são capazes de suportadas todas as ligações, de forma permitir uma utilização fluída.

8. Gestor de segurança no metaverso

Tal como qualquer outra dimensão digital, também o metaverso estará exposto a ameaças e agentes mal-intencionados, pelo que serão necessários profissionais que sejam capazes de combater esses perigos eficazmente e proteger os utilizadores.

9. Criadores de hardware no metaverso

O acesso ao novo mundo cibernético desmaterializado exige, no entanto, soluções tecnológicas físicas que transportem o utilizador do mundo físico para o digital, sejam câmara, microfones ou sensores de movimento.

10. Criador de mundos

Esses profissionais serão responsáveis pela criação dos mundos do metaverso. Terão um papel semelhante aos criadores de videojogos, criando mundos a partir de zeros e uns.

11. Bloqueadores de anúncios

Como não poderia deixar de ser, o metaverso será também utilizado como plataforma de geração de receitas para muitas entidades comerciais, tal como acontece em quase todas as outras plataformas online. Para que os utilizadores possam desfrutar da sua experiência no metaverso sem interrupções publicitárias, os bloqueadores de anúncios terão certamente uma grande procura.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.