Mercado de apostas online cresce em Portugal

O valor do mercado de apostas online cresceu exponencialmente em Portugal nos últimos anos. Em média, os portugueses apostam 950 mil euros por hora e a previsão é que esses números continuem a aumentar nos próximos anos. De acordo com os dados do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), em 30 de junho deste ano, 15 entidades estavam autorizadas a exercer a atividade de exploração de jogos e apostas online em Portugal, mais uma relativamente ao mesmo período de 2020.

No seu conjunto, aquelas entidades eram detentoras de 26 licenças (11 licenças para exploração de apostas desportivas com acesso a serviços como o código bonus bet365 à cota e 15 licenças para exploração de jogos de fortuna ou azar), mais uma do que no trimestre anterior, e mais três do que no trimestre homólogo do ano anterior (duas para jogos de fortuna ou azar e uma para apostas desportivas à cota), pode ler-se no relatório.

Este setor é também responsável por gerar fortuna em Portugal, dado que, durante o segundo trimestre deste ano, a atividade de jogos e apostas online gerou cerca de 125 milhões de euros de receita bruta, valor superior em 56,3 milhões de euros (81,9%) comparativamente ao período homólogo de 2020 e inferior em 3,3 milhões ao registado no trimestre anterior (menos 2,6%). O valor total do Imposto Especial de Jogo Online (IEJO), no mesmo período, também foi superior em cerca de 19,6 milhões de euros face ao apurado em 2020 e inferior em 9,8 milhões, considerando o primeiro trimestre de 2021.

O mercado de apostas online tem revelado que está, assim, em crescimento constante, apesar de recentemente ter apresentado uma diminuição trimestral da receita bruta gerada pela atividade de jogos e apostas online de 2,6% resultou da quebra da receita, tanto em apostas desportivas à cota (menos 3%), bem como em jogos de fortuna ou azar (menos 2,2%).

Quanto às apostas desportivas à cota por modalidade, o futebol foi a modalidade desportiva onde se verificou o maior volume de apostas, representando 77,48% do total de apostas desportivas efetuadas. As apostas nas modalidades de ténis e de basquetebol representaram cerca de 18% do total de apostas desportivas. O ténis foi ainda a segunda modalidade com maior volume de apostas no segundo trimestre de 2021, com a competição Roland Garros em destaque pelo maior volume de apostas.

Ao nível das competições desportivas, o Euro 2020 representou 14,3% do volume total de apostas efetuadas na modalidade de futebol, seguido da Primeira Liga portuguesa, da Premier League inglesa, da La Liga espanhola e da Série A italiana. As apostas em Jogos de Máquinas representaram mais de 75% do total de apostas em jogos de fortuna ou azar. Por seu lado, as apostas na Roleta Francesa representaram 10,14% do total, seguidas das apostas em Blackjack/21 e das apostas na Banca Francesa.

No número de jogadores registados observou-se um decréscimo de 177,6 mil, passando de 151,9 mil novos registados no segundo trimestre deste ano, em comparação com o trimestre anterior.

Aplicações móveis facilitam as apostas desportivas

As aplicações de apostas desportivas para “smartphones” são uma realidade. De modo geral, nunca foi tão fácil e vantajoso apostar através destas aplicações. São várias as casas de apostas online, mas atenção: nem todas as casas possuem um programa disponível para “download”, porém costumam oferecer uma versão mobile, a chamada app. Conveniência, experiência de utilizador, apostas ao vivo e promoções exclusivas são algumas das vantagens proporcionadas pelas aplicações.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.