Mastercard cria cartão de pagamento simplificado para empresas de criptomoedas. Vai ser possível trocar ativos digitais por moeda “tradicional”

A Mastercard anunciou uma solução para permitir que os cartões possam aceitar a conversão de criptomoedas em moeda fiduciária tradicional e, assim, facilitar a criação de programas para os seus parceiros, revelou a empresa num comunicado enviado à Executive Digest.

A solução, apresentada agora pela Mastercard, foi desenvolvida sobre uma infraestrutura de blockchain e de uma plataforma regulamentada de emissão de stablecoins, em colaboração com o Evolve Bank & Trust, a Paxos Trust Company e a Circle, uma empresa de tecnologia financeira global e a principal operadora de USD Coin (USDC), uma stablecoin digital baseada no dólar americano.

Esta nova abordagem vai permitir que mais bancos, parceiros e empresas de criptomoedas possam testar e oferecer opções de cartão para pessoas que desejam gastar os seus ativos digitais em qualquer lugar onde a Mastercard seja aceite.

Raj Dhamodharan, vice-presidente executivo de Ativos Digitais, Produtos e Parcerias de Blockchain da Mastercard, sublinhou que “nem todas as empresas de criptomoedas têm, atualmente, a infraestrutura básica para converter as suas criptomoedas em moeda fiduciária tradicional e nós estamos a tornar isso mais fácil. Através das nossas parcerias com o Evolve, a Paxos e a Circle e a maior comunidade de ativos digitais, a Mastercard espera cumprir a promessa de oferecer aos consumidores o maior número de opções para pagarem as suas compras, como e onde quiserem”.

Este upgrade no Programa Crypto Card da Mastercard inclui um conjunto de parceiros, entre os quais o Evolve Bank & Trust e o Metropolitan Commercial Bank, com os quais está a ser negociada a possibilidade de emitirem cartões Uphold e BitPay, suportado em tecnologia de criptografia em tempo real, e a i2c Inc., a Apto Payments e a Galileo Financial Technologies®, para oferecer suporte ao processamento e gestão deste tipo de programas.

Com esta melhoria no Programa Crypto Card da Mastercard, a Paxos e a Circle usarão as suas plataformas para facilitar a conversão de cripto em fiat, através de stablecoins fiat, uma classe de criptomoedas que oferece estabilidade de preço e é respaldada pelo respetivo emissor. Ao tornar este processo mais simples, a Mastercard dá a oportunidade a mais bancos e parceiros para oferecerem aos seus clientes a opção de pagar com uma criptomoeda.

Meg Nakamura, CEO da Apto Payments, afirmou que “como pioneiros na emissão de cartões de débito com base em criptografia, estamos muito entusiasmados em constatar o nível de investimento que a Mastercard e todos os parceiros associados estão a aplicar em produtos inovadores.”

Já Stephen Pair, cofundador e CEO da BitPay, referiu que “a BitPay acredita que o futuro dos pagamentos está no blockchain, porque transforma a forma como os consumidores enviam, recebem e armazenam dinheiro em todo o mundo. Trabalhar com o piloto da Mastercard para transformar ativos digitais em dólares para gastos diários vai acelerar o uso da criptografia pelos consumidores como meio de pagamento.

Ler Mais


Comentários
Loading...