Marcelo quer renovar estado de emergência pela última vez «para podermos entrar em maio numa boa onda»

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta quarta-feira que deseja que esta renovação do estado de emergência em Abril seja a última, «para podermos entrar em maio numa boa onda».

Em declarações aos jornalistas depois de uma visita a uma unidade de saúde familiar em Lisboa, o Chefe de Estado deixou um desejo: «Desejaria que [para a semana] fosse a última renovação do estado de emergência. Para podermos entrar em maio numa outra onda, numa boa onda», disse.

Questionado sobre o comportamento dos portugueses nesta segunda fase de desconfinamento, Marcelo acredita que a população «entende a mensagem para este momento», num mês (abril) que considera ser «decisivo». «Tem de correr bem para podermos passar ao verão com sucesso no desconfinamento e entrar na normalidade possível. E isso passa pelo comportamento das pessoas», assinala.

O Presidente da República refere ainda que os portugueses «podem ir desconfinando, mas sabendo que há este deslizar na vacinação, que está a arrancar a testagem em termos massivos nas escolas e que há uma parte que passa pelas pessoas».

Já no que diz respeito à situação nas escolas, o Presidente da República espera que os casos detetados «não passem para a comunidade» e que «o que exista seja sobretudo localizado nas escolas e nalgumas turmas sem uma incidência social, sem uma difusão social assinalável que atinja os setores mais frágeis».

Covid-19: Marcelo espera uma «avaliação rápida» da vacina da AstraZeneca e aponta o dedo à falta de união da UE

Ler Mais


Artigos relacionados
Comentários
Loading...