Mais um veículo de transmissão da Covid-19. Fumar em público em Espanha é desaconselhado e tem regras apertadas

O Ministério da Saúde espanhol aprovou, por consenso, uma posição relativamente ao consumo de tabaco durante a pandemia da Covid-19, deixando o alerta para a possibilidade de os cigarros funcionarem como transmissores do novo coronavírus, recomendando que não se fume em ambientes sociais, avança o ‘El Mundo’.

Este documento vem sublinhar os novos riscos associados ao acto de fumar. Para além dos perigos para a saúde causados ​​pelo tabaco, a manipulação do próprio cigarro e o contacto dos dedos com a boca, podem contribuir para transmitir a Covid-19.

As autoridades de saúde espanholas referem ainda que fumar pressupõe a libertação de gotículas respiratórias, que «podem conter carga viral, tornando-se altamente contagiosas», para além disso, mencionam ainda «o factor da distância social», que muitas vezes não é cumprido nestas situações.

Neste sentido, é recomendável que se sigam todas as medidas de higiene e segurança em relação ao consumo de tabaco, bem como a outros produtos relacionados.

«O consumo (de tabaco) deve ser evitado em ambientes comunitários e sociais, caso não seja possível, deve ser realizado em espaços abertos separados, aplicando as devidas medidas de higiene pessoal, nomeadamente a lavagem das mãos antes e depois de fumar», pode ler-se nas orientações do Ministério da Saúde de Espanha.

É ainda relembrado que o consumo de tabaco, demonstrou agravar a evolução de doenças respiratórias, sendo por isso um importante factor de risco para doenças cardiovasculares e oncológicas, bem como para diabetes, entre outras patologias.

«No que diz respeito à relação entre o tabagismo e a evolução da Covid-19, as evidências actuais indicam que fumar está associado um agravamento da doença, com resultados adversos», pode ler-se no documento aprovado.

De recordar que também a Organização Mundial da Saúde (OMS) já tinha alertado para o facto de que «existem evidências crescentes de que o consumo de cigarros electrónicos causa sérios danos aos pulmões, coração e vasos sanguíneos, o que pode aumentar o risco de complicações graves da Covid-19».

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...