Mais de mil juízes convocam reunião de emergência para discutir “assunto Trump”

Uma Associação Nacional de Juízes Federais convocou uma reunião de emergência para tratar de preocupações crescentes sobre as intervenções do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, bem como de funcionários do departamento de justiça, em casos politicamente sensíveis, de acordo com o jornal americano ‘USA Today’.

Cynthia Rufe, uma juíza distrital dos Estados Unidos, na Filadélfia, directora da associação com mais de 1.100 membros, disse ao ‘USA Today’ que o grupo «não podia esperar» até à conferência da primavera para discutir o assunto. «Estamos preocupados com vários problemas, vamos conversar sobre todos eles», referiu ao jornal.

A reunião acontece após o pedido de mais de dois mil ex-funcionários do departamento de justiça dos EUA, incluindo alguns dos principais advogados do governo no país, ao procurador-geral William Barr, para que renuncie, na sequência do escândalo de Roger Stone.

Os ex-funcionários publicaram no domingo, uma carta de grupo que denunciou Barr por «fazer a promoção pessoal do presidente» ao impor aos promotores a recomendação de uma sentença reduzida para Stone, um amigo de longa data de Trump, condenado por mentir e ameaçar uma testemunha na investigação russa.

A juíza distrital dos Estados Unidos, Amy Berman Jackson, que está à frente do caso de Stone, ordenou que os dois lados participassem numa tele-conferência, na terça-feira, para discutir o caso.

Rufe expressou o seu forte apoio a Jackson, de acordo com o ‘USA Today’. «Não me preocupo com a decisão de um juiz em particular», disse Rufe. «Apoiamos qualquer juiz que faça o que é necessário», disse citada pelo jornal.

 

Ler Mais
Artigos relacionados

Exclusivo MIT - Massachusetts Institute of Technology

Dormir. Factor determinante no desempenho profissional?

Pesquisas mostram que a falta de sono tem várias consequências que podem afectar negativamente o desempenho profissional. Então por que razão tantos locais de trabalho modernos condenam práticas que não ajudam a bons horários de sono?
Comentários
Loading...

Multipublicações