pub

Madame Tussauds em Berlim ‘despeja’ Trump no caixote

O museu de cera Madame Tussauds, em Berlim, colocou a figura do outrora vedeta de televisão que se tornou o Presidente republicano Donald Trump num contento do lixo, esta sexta-feira. Uma medida que pode ser vista como uma chamada de atenção para quem vai votar na próxima eleição presidencial, agendada para a próxima terça-feira.

“A iniciativa de hoje tem um caráter simbólico antes das eleições nos Estados Unidos”, disse o diretor de marketing do museu, Orkide Yalcindag, citado pela ‘Reuters’. “Nós aqui, no Madame Tussauds Berlin, removemos a figura de cera de Donald Trump como uma medida preparatória”, reforçou.

As imagens que já cruzaram o mundo mostram a figura de cera de Trump dentro de um enorme contentor do lixo, por entre muitos sacos do lixo, aos que se juntam o material de campanha como os célebres chapéus ‘Make America Great Again e cartazes que remetem para os constantes comentários no Twitter sobre ‘Fake News’.

Atendendo a que o portefólio do Madame Tussauds também inclui ex-presidentes dos Estados Unidos, o que significa que independentemente dos resultados, Trump e o seu espólio provavelmente serão devolvidos, em breve, às instalações do museu berlinense.

Quanto às eleições, o Presidente dos Estados Unidos parece ter ainda um longo caminho pela frente para conquistar um segundo mandato na Casa Branca, no entanto, as eleições presidenciais são já na próxima terça-feira. A menos que seja encontrado um “erro grave” nas sondagens que têm mostrado uma clara vantagem de Biden sobre Trump, um segundo mandato pode estar fora de questão.

De acordo com um conjunto de sondagens estatais divulgadas a seguir ao último debate entre Trump e Biden, as hipóteses de o Presidente ganhar um segundo mandato exigem agora uma vitória em estados-chave.

Na maior parte dos estados “swing”, isto é, onde os dois candidatos têm níveis de apoio muito semelhantes entre os eleitores, Joe Biden manteve uma liderança estável – embora não esmagadora – sobre Trump nas sondagens até à última semana das eleições.

Algumas das médias das sondagens estatais tenham ficado mais renhidas desde o último debate, embora Biden permaneça consistentemente à frente. Em três sondagens ao vivo na Florida, todas divulgadas esta quinta-feira, Biden liderou Trump por 3 a 5 pontos.

Em alguns dos estados potencialmente decisivos, como a Pensilvânia, as sondagens teriam de estar erradas para que Trump vencesse um número significativamente maior – maior do que o erro em 2016. As últimas médias das sondagens mostram uma vantagem de 5 pontos para Biden.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...