Lucro da Glintt sobe 48,4% para 891.000 euros no primeiro trimestre

A Glintt totalizou 891.000 euros de lucro no primeiro trimestre, uma subida de 48,4% face ao mesmo período de 2021, justificada pela melhoria na margem operacional, foi hoje comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“No primeiro trimestre de 2022, os resultados líquidos da Glintt ascenderam a 891 mil euros, representando um crescimento de 48,4% face a igual período de 2021. Para este resultado, contribuiu essencialmente a melhoria na margem operacional”, lê-se no comunicado remetido ao mercado.

Por sua vez, o volume de negócios consolidado da tecnológica ascendeu a 27,6 milhões de euros, no primeiro trimestre, valor que compara com os 23,8 milhões de euros apurados no período homólogo, o que se traduz num aumento de 16,1%.

No mercado nacional, o crescimento da faturação foi de 8%, enquanto o mercado internacional teve uma progressão de 40%, impulsionada pelas duas empresas adquiridas em 2021, em Espanha, a Concep e a Farmatools.

Até março, o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) fixou-se em 4,4 milhões de euros, mais 23,2%, ou 825.000 euros, do que no primeiro trimestre de 2021.

Conforme precisou a empresa, o crescimento do EBITDA resulta do aumento verificado no volume de negócios e na margem EBITDA, que passou de 15% para 15,9%.

“A Glintt mantém um forte investimento na qualificação, formação e organização do trabalho das equipas das várias unidades. Este foco tem permitido um aumento da produtividade na entrega das soluções aos clientes, visível nos resultados obtidos”, sublinhou.

Em 31 de março, a dívida líquida do grupo situou-se em cerca de 40,8 milhões de euros, menos 1,8 milhões de euros face ao final de dezembro de 2021.

“No presente ano de 2022, a Glintt espera continuar a apresentar um crescimento sustentado no que respeita ao volume de negócios, ao EBITDA e ao resultado líquido. A sólida posição de tesouraria e o baixo nível de endividamento sustentam um equilíbrio financeiro que permitirá aproveitar oportunidades de investimento, caso surjam”, concluiu.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.