Lições vão sair do duelo “eficiência e felicidade dos colaboradores vs cultura corporativa”, alerta CEO da Ageas

Com a economia nacional a dar os primeiros passos rumo à estabilização e a uma posterior, e tão aguardada, recuperação, importa ouvir os líderes das grandes empresas sobre o futuro. Aquele que será feito de um ‘novo normal’ e que nasce já hoje, na tomada de cada decisão. Mesmo que o horizonte continue volátil e incerto.

Ainda com a inesperada pandemia da covid-19 como pano de fundo, a Executive Digest perguntou, aos lideres: O que mudou na sua empresa e quais são os próximos passos/desafios para vencer no ‘novo normal’?

Steven Breakeveldt, CEO Grupo Ageas Portugal, em entrevista à Executive Digest, salienta, desde logo, e em termos internos, que um dos maiores desafios futuros para o Grupo no nosso país, bem como para muitas empresas, “vai ser o de analisar o que aconteceu durante estes meses, com a eficiência e a felicidade dos colaboradores versus a cultura corporativa”.

“Este foi um período, em que fisicamente, estivemos todos afastados e mais distantes fisicamente e mais do que nunca a cultura organizacional assumiu um papel preponderante para garantir o bem-estar, físico e mental, de todos e garantir a ligação com a empresa”, detalhou o responsável.

Neste contexto, Steven Breakeveldt dá ainda nota de um desafio de todos, “e que nós assumimos publicamente”, isto é, “continuar a garantir que temos um impacto social positivo, duradouro e sustentável. Estes novos hábitos, têm de fazer parte exatamente de uma ‘nova normalidade’, ou seja, têm de continuar.

“E a atenção e o cuidado com as pessoas mais vulneráveis podem desaparecer dos destaques dos jornais, mas têm de continuar entre nós enquanto sociedade”. ressalvou ainda.

 

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...